InícioEntretenimentoCelebridadeMúsica clássica para todos : OSBA se apresenta em igreja, teatro e...

Música clássica para todos : OSBA se apresenta em igreja, teatro e praça de Trancoso

Em sua estreia no Festival Música em Trancoso – MET, a Orquestra Sinfônica da Bahia traduziu bem o desejo da organização do evento de promover um diálogo entre a música erudita e a popular. O evento, que começou em 2012, chega à nona edição mais enxuto, com quatro dias de programação e três atrações pricipais:  a OSBA e as cantoras Alcione e Marisa Monte – igualmente estreantes, já que a programação do evento se mantinha fiel ao clássico e à música instrumental.

Comandada pelo maestro Carlos Prazeres, a OSBA se apresentou todos os dias do MET, em diferentes espaços e com diferentes propostas. Deu as boas vindas na histórica igrejinha de São João Batista, no centro do Quadrado de Trancoso, na noite de terça (14); fez a abertura oficial no Teatro L’Occitane, na quarta (15), reuniu a criançada de escolas  públicas e projetos sociais da região no Osbacuri na quinta (16) e divertiu o público com o Cineconcerto, na sexta (17). A despedida foi com o concerto gratuito Uma Viagem pelo Mundo, na Praça do Bosque, na manhã deste sábado (18).  

Cada apresentação tem uma característica, mas em comum, o desejo muito explícito do maestro de aproximar a música de concerto das pessoas, tirando-a de seu casulo confortável e excludente. Em mais de um momento ele afirmou que várias orquestras do mundo dialogam com o popular. Por que não a OSBA? Na igreja, por exemplo,  ele lembrou que Johann Sebastian Bach, homenageado no concerto de cordas Bach Etéreo, mesmo não tendo experimentado a era das grandes estrelas, atravessa gerações influenciando a cultura. Para provar, citou o filme Tàr – destaque da última temporada do Oscar – e o mega sucesso Bum Bum Tam Tam, do MC Fióte, que usa um trecho de flauta do alemão.

foto:divulgação
Concerto Bach Etéreo terminou em frente à Igreja do Quadrado,em Trancoso

No primeiro concerto, batizado de Osba Clássicos, foi a vez de apresentar o compositor baiano Lindembergue Cardoso (1939-1989), ainda pouco conhecido, com a peça Ritual Para Orquestra, “um mantra” que vai nos envolvendo com a marcação da percussão de origem no candomblé. O maestro explicou a conexão do compositor com a MPB, que desaguou na Tropicália. A noite ainda contou com obras do russo Serguei Rachmaninoff e  terminou no clima francês do Bolero de Ravel.

Repetindo o  sucesso de suas apresentações em Salvador, o Cineconcerto em Trancoso também foi disputado e lotou o teatro, que tem capacidade para mil pessoas. Sem medo de encarar as críticas, os 66 músicos voltaram a se fantasiar para executar trilhas sonoras de filmes e séries famosas, com destaque para as do compositor J. Williams: Indiana Jones, Superman, Star Wars e Harry Potter. “A gente apanha muito por isso também”, brincou o maestro, cada vez mais à vontade no papel de showman, regendo, interagindo com a plateia, tirando sarro das fantasias esquisitas (a dele foi de Clark Kent/Superman) e apresentando didaticamente como a orquestra é formada. 

A empolgação de Prazeres, que completou 49 anos e ganhou bolo e parabéns, contagia músicos e plateia. E a última apresentação, que foi de Bizet a Gonzagão, terminando com Prefixo de  Verão ,resumiu bem a primeira passagem da OSBA pelo balnerário. Saiu ovacionada, com o público pedindo bis.

“A OSBA tem acolhido todas as esferas da sociedade, pois Trancoso reúne uma elite, que não é só baiana, mas de vários estados e países, mas ao mesmo tempo nós temos entrado em contato com uma população muito bacana e que está feliz de entrar em contato com nosso orquestra, como no projeto Osbacuri, que mostra para as crianças, in loco,  o que é uma orquestra. Os depoimentos são os mais lindos e conseguimos uma interação muito bacana. Estamos felizes e com a sensação deliciosa de dever cumprido nesse lugar que é outra Bahia,  mas é a Bahia e é o berço do Brasil” resumiu o maestro.    

O festival MET termina neste sábado (18) com show de Marisa Monte. O evento é realizado pelo Teatro L´Occitane (teatroloccitane.com.br)  e pelo Instituto Terravista, com patrocínio do Santander, Chenue, Governo do Estado e e  e Secretaria de Turismo de Porto Seguro. 
 

A jornalista viajou a convite da produção do evento
 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Líder da União Europeia critica Milei por falas sobre o governo espanhol

Javier Milei chamou a mulher do presidente espanhol Pedro Sáchez de “corrupta”, durante evento...

Equipes de resgate encontram helicóptero do presidente iraniano

Agência de Notícias da República Islâmica (Irna)/Reprodução 1 de 1 imagem colorida mostra...

Enchentes no RS afetam 2,3 milhões de moradores e causam 157 mortes

As enchentes no Rio Grande do Sul elevaram neste domingo (19) o número de...

Bahia mobiliza especialistas para auxiliar no enfrentamento das enchentes no Rio Grande do Sul

Em resposta à crise hidrológica que afeta o Rio Grande do Sul, o Estado...

Mais para você