InícioEditorialPolítica Nacional‘Não precisamos de guerra na América do Sul’, diz Lula sobre tensão...

‘Não precisamos de guerra na América do Sul’, diz Lula sobre tensão entre Venezuela e Guiana

Durante reunião entre líderes do Mercosul no Rio de Janeiro, petista disse que bloco não pode ficar alheio à disputa no norte da região; regime de Nicolás Maduro ameaça anexar uma parte do país vizinho

CARLOS ELIAS JUNIOR/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Lula e Alberto Fernández, presidentes de Brasil e Argentina, durante reunião do Mercosul

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) expressou sua crescente preocupação com a situação em Essequibo, região disputada entre Guiana e Venezuela, durante a abertura da 63ª reunião de cúpula do Mercosul, no Rio de Janeiro. O regime de Nicolás Maduro ameaça anexar uma parte do país vizinho. Lula reforçou a posição do bloco como zona de paz, propondo uma declaração sobre o assunto e oferecendo a mediação do Itamaraty. “Uma coisa que não queremos aqui na América do Sul é guerra. Não precisamos de guerra, não precisamos de conflito”, declarou o petista. Ele ainda disse que o bloco formado por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai não pode ficar “alheio” à situação. A Venezuela está suspensa desde 2017. A presidência trasitória do Brasil termina nesta quinta-feira, 7. O Paraguai será o próximo país a comandar o bloco.

Além disso, Lula afirmou o compromisso de não desistir do acordo entre Mercosul e União Europeia, apesar dos 23 anos de negociação. Ele destacou a importância de “continuar tentando” e tentou demonstrar otimismo, enfatizando que nada é impossível. Sobre a troca de poder na Argentina, Lula lamentou a saída de Alberto Fernández, manifestando tristeza pela situação econômica adversa e dizendo que o amigo de longa data merecia “melhor sorte”. Fernández será sucedido neste domingo, 10, por Javier Milei, presidente eleito do país vizinho. A relação de Lula com o ultraliberal é tensa devido às críticas que Milei fez durante a campanha. Embora tenha sido convidado, o petista não vai à cerimônia de posse. O chanceler Mauro Vieira o representará.

Tags: brasil, Essequibo, Guiana, https://jovempan.com.br/tag/, javier milei, Lula, Mercosul, Paraguai, rgentina, Uruguai, venezuela

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Discordo profundamente de Lula, diz Blinken após fala sobre Holocausto

Secretário de Estado norte-americano diz que apesar das discordâncias, EUA e Brasil precisam agir...

Zilu Godoi rebate discurso de Dado Dolabella sobre Wanessa: “Mentira”

Mãe de Wanessa Camargo, Zilu Godoi decidiu se manifestar nesta sexta-feira (22/2), depois de...

Blinken discorda de Lula, mas diz que “amigos podem ter discordâncias”

O secretário de Estado dos Estados Unidos (EUA), Antony Blinken, disse que discorda da...

Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

Novo membro assumirá cargo na Corte três meses após ser indicado pelo presidente Luiz...

Mais para você