InícioEditorialPolítica Nacional‘Não tenho medo de qualquer julgamento, desde que os juízes sejam isentos’,...

‘Não tenho medo de qualquer julgamento, desde que os juízes sejam isentos’, diz Bolsonaro

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) declarou neste sábado (16) que não teme julgamentos e que poderia estar em outro país, mas optou por retornar ao Brasil em março do ano passado, após três meses nos Estados Unidos, apesar de perceber que havia um movimento contra ele. Ele fez essas afirmações durante o lançamento da pré-candidatura do deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ) à Prefeitura do Rio de Janeiro. “Eu poderia estar muito bem em outro país, mas decidi voltar para cá com todo o risco. Não tenho medo de qualquer julgamento, desde que os juízes sejam isentos”, disse Bolsonaro. “Não faltarão pessoas para te perseguir, para tentar te derrotar, vão te acusar de coisas absurdas, até de molestar uma baleia no litoral do Brasil.”

Apesar das investigações e do desgaste inicial na candidatura de Ramagem devido à operação Vigilância Aproximada, as lideranças do PL e aliados de Bolsonaro acreditam que as investigações atuais não têm poder para impedir a candidatura do deputado. Ele é suspeito de liderar um esquema de espionagem na Abin contra adversários políticos. Em seu discurso, o pré-candidato evitou o assunto e se concentrou em ligar sua imagem à do ex-presidente. “O presidente Bolsonaro que nos uniu como patriotas resgatou os valores tradicionais, resgatou a família brasileira e os valores de liberdade. Em 2018, elegemos Bolsonaro presidente do Brasil. Isso vai voltar. No dia seguinte, eu fui indicado pela PF para trabalhar diretamente com o presidente Bolsonaro. Aquela antiga PF que nos dava tanto orgulho. Minha responsabilidade era levar o presidente para a posse. Em 2022, eu tive a missão de concorrer a uma vaga no Congresso Nacional. Hoje eu recebo uma nova missão do presidente. Vamos tirar a esquerda do poder do Rio de Janeiro.” Bolsonaro elogiou o aliado, mas também “advogou” em causa própria, além de ter se classificado como um “paralelepípedo no sapato da esquerda” durante este trecho do discurso. “Ramagem trabalhou comigo, fez um excelente trabalho, deixou sua marca. Obviamente, quando se lança pré-candidato, o mundo cai na cabeça dele, como vem caindo na minha, porque eu sou um paralelepípedo no sapato da esquerda.”

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

O evento ocorreu na quadra da Mocidade Independente de Padre Miguel, onde também estavam presentes outros políticos do partido. Bolsonaro e Ramagem posaram para fotos sob o lema “Um novo Rio começa agora”. Vaiado por sua aproximação com o atual presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o governador Cláudio Castro (PL) elogiou Bolsonaro e criticou o petista, além de mirar o prefeito Eduardo Paes (PSD). “Bolsonaro fez em dois anos o que muita gente não fez em 20 anos Em 2022, o Rio fez sua parte. Bolsonaro ganhou no primeiro e no segundo turno. O PL ganhou o governo no primeiro turno. Foi uma escolha fácil. Você quer ideologia de gênero nas escolas? Você quer bandido podendo matar policial a vontade?”, indagou Castro.

Marcado para começar às 11h, o evento reunia menos da metade da capacidade da quadra de samba às 11h30. Incomodado com a baixa adesão, Bolsonaro pediu que os seguranças do local autorizassem que os apoiadores se aproximassem do palco: “Se algo acontecer, a responsabilidade é minha”. A cerimônia ocorreu um dia após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), retirar o sigilo dos depoimentos de militares citados em um suposto plano para impedir que Lula assumisse a Presidência.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Cartões de confirmação do CNU, com locais de prova, saem nesta quinta

O governo federal disponibiliza, a partir das 10h desta quinta-feira (25/4), o cartão de...

Apostas em corte de 0,25 ponto percentual da Selic batem novo recorde

As apostas dos investidores num corte de 0,25 ponto percentual da taxa básica de...

Zona Franca de Manaus mantém benefícios fiscais com reforma tributária

Proposta de regulamentação da reforma tributária dá incentivos para a produção industrial e para...

Governo consegue adiar sessão sobre derrubada de vetos de Lula, evita derrotas e contraria Lira

Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira...

Mais para você