InícioEditorialPolítica NacionalNos Emirados Árabes, governador Jerônimo visita plantação de tâmaras que poderão ser...

Nos Emirados Árabes, governador Jerônimo visita plantação de tâmaras que poderão ser produzidas na Bahia

Foto: GovBa

objetivo da visita foi conhecer de perto uma unidade produtora para verificar a viabilidade da produção em larga escala na Bahia. 30 de novembro de 2023 | 12:57

Em seu primeiro compromisso nos Emirados Árabes Unidos, o governador Jerônimo Rodrigues esteve, nesta quinta-feira (30), em uma fazenda de tâmaras do maior exportador mundial da fruta, na região de Abu Dhabi. O objetivo da visita foi conhecer de perto uma unidade produtora para verificar a viabilidade da produção em larga escala na Bahia.

A tâmara é uma fruta muito consumida no Oriente Médio, rica em fibras e com sabor doce. Ela é colhida de uma palmeira originária do norte da África, que chega a 35 metros e mais de 100 anos de produção.

“A tamareira se desenvolve muito bem no clima quente e seco, similar ao do nosso semiárido, e a tâmara é uma fruta que tem mercado no mundo inteiro, principalmente no Oriente Médio. Nós estamos levando essa possibilidade para ser mais uma alternativa de geração de renda para a agricultura baiana”, explicou Jerônimo.

Devido à diferença geográfica, o auge da produção na Bahia acontecerá justamente quando há baixa produtividade no Oriente Médio. Isso possibilita aos possíveis produtores baianos exportar as tâmaras para o maior mercado consumidor do mundo, num período de escassez do fruto.

As tratativas para a introdução das tamareiras na Bahia já começaram e 50 mudas estão sendo enviadas ao estado para uma primeira experiência. Elas passarão por análise junto à Empresa Brasileira de Pesquisa Brasileira (Embrapa) e à Secretaria da Agricultura do Estado (Seagri).

Ainda em Abu Dhabi, o governador e a comitiva baiana foram ao novo centro de treinamento da empresa de aviação comercial dos Emirados, Etihad. O Governo da Bahia negocia a criação de uma rota aérea direta entre Salvador e Abu Dhabi, como uma forma de estimular e fortalecer a atividade turística com a abertura do turismo baiano ao mercado árabe.

“Essa é uma diretriz de nossa política de turismo, atrair novos voos nacionais e internacionais, criando opções para que o turista saia de seu lugar de origem e vá direto curtir as belezas naturais e culturais de nosso estado, sem precisar de conexões e gastando menos tempo”, disse o governador.

A partir de sexta-feira (1°), Jerônimo inicia sua participação na COP28, 28ª Conferência Mundial sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas (ONU). Ao lado do presidente Lula e do ministro Rui Costa, ele irá à abertura do evento, em Dubai. Ao longo de três dias, Jerônimo Rodrigues irá apresentar detalhes do programa Bahia+Verde, que integra uma série de ações de preservação e sustentabilidade.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Comissão de Ética abre processo contra ex-ministros de Bolsonaro

Processo mira 5 ex-ministros e um secretário executivo que participaram da reunião em julho...

Em meio à crise com Israel, Blinken encontra Lula e se diz “animado”

O secretário de Estado dos Estados Unidos (EUA), Antony Blinken, chegou às 9h para...

Você sabe o que é um chocolate sem lactose e como incorporá-lo na sua dieta?

Herói ou vilão: qual o papel do chocolate em uma dieta balanceada? A engenheira de...

Mais para você