InícioEditorialNota Pública sobre julgamento do CNJ envolvendo magistrados do TRT-5

Nota Pública sobre julgamento do CNJ envolvendo magistrados do TRT-5

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), durante a 7ª Sessão ordinária de 2023, realizada nesta terça-feira (9/5), nos autos dos Processos Administrativos Disciplinares 0008118-28.2019.2.00.0000, 0003353.77.2020.2.00.0000 e 0003355-47.2020.2.00.0000, à unanimidade, aplicou a pena de aposentadoria compulsória aos desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5) Maria Adna Aguiar do Nascimento, Norberto Frerichs e Washington Gutemberg Pires Ribeiro e ao juiz do Trabalho substituto Thiago Barbosa Ferraz de Andrade.

Na referida sessão de julgamento, o Conselho, também à unanimidade, concluiu pela inexistência de pena aplicável aos desembargadores Maria das Graças Boness e Esequias Pereira de Oliveira.

O TRT-5 reafirma o compromisso da instituição com os princípios basilares norteadores da magistratura e com os princípios constitucionais que regem a administração pública, e adotará as providências necessárias ao integral cumprimento, a tempo e modo, das decisões proferidas pelo CNJ.

Secom TRT-5

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Senado discute proposta que pode privatizar terrenos da União

PEC quer que áreas ocupadas do litoral possam ser compradas por particulares mediante pagamento,...

Governo Lula planeja show em Brasília para arrecadar dinheiro para RS

IGO ESTRELA/METRÓPOLES 1 de 1 Chuvas e inundações no Rio Grande do Sul -...

Congresso analisa vetos às “saidinhas” e ao calendário de emendas

Deputados e senadores têm sessão conjunta na 3ª feira (28.mai); governistas estão otimistas com...

Deslizamento de terra deixou 2 mil soterrados em Papua Nova Guiné

Depois que uma agência da ONU apontou 670 pessoas mortas em deslizamento de terra...

Mais para você