InícioEditorialPolítica NacionalPDT decide permanecer no blocão de Lira

PDT decide permanecer no blocão de Lira

Iniciativa da bancada mantém a influência do presidente da Câmara e a força do bloco para as eleições da presidência da Casa em 2025

Com a permanência do PDT, Lira garante apoio de um número maior de deputados para buscar eleger seu sucessor; na foto, preside sessão em 5 de fevereiro de 2024 Marina Ramos/Câmara – 5.fev.2024

Gabriel Buss 21.fev.2024 (quarta-feira) – 13h37

O PDT (Partido Democrático Trabalhista) decidiu ficar no bloco de apoio ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), na Casa. A discussão sobre uma eventual saída ocorreu depois de o PSB (Partido Socialista Brasileiro) protocolar em 5 de fevereiro sua saída do chamado “blocão”, formado por PP, União Brasil, PSDB-Cidadania, PDT, Solidariedade, PRD e Avante.

A decisão de permanecer no bloco foi tomada em uma reunião da bancada na 3ª feira (20.fev.2024). A maioria dos deputados da sigla optou por permanecer. Com a decisão, Lira segue mantendo sua influência e o bloco continua o maior da Câmara, mantendo força sobre as negociações para eleições da presidência da Casa em 2025.

A bancada foi uma conquista do presidente da Câmara em abril de 2023 frente à formação do bloco do MDB, PSD, Republicanos e Podemos. Antes da saída do PSB, o grupo de Lira contava com 176 deputados federais. Agora, tem 162 integrantes.

O PDT tem 18 deputados. Com a permanência, o blocão se mantém com 19 integrantes a mais do que o outro grande bloco, que tem 143 congressistas. Caso o PDT tivesse optado por sair, o grupo de Lira ficaria só com um deputado a mais que 2º maior da Casa.

Os grandes blocos da Câmara foram criados em 2023 já pensando na eleição para a presidência da Câmara em 2025. No bloco de Lira, há o favorito do presidente da Câmara para disputar sua sucessão: Elmar Nascimento (União Brasil-BA).

No 2º maior bloco da Casa há ao menos 3 pré-candidatos: o vice-presidente da Câmara, Marcos Pereira (Republicanos-SP), o líder do PSD, Antonio Brito (PSD-BA), e o líder do MDB, Isnaldo Bulhões (MDB-AL).

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Saúde feminina: a conexão essencial entre o cuidado físico e mental

A influência do cuidado integral na saúde da mulher revela dados importantes para prevenir...

Jornalistas são barrados de fórum em Londres com ministros do STF

Jornalistas foram impedidos de permanecer no andar do hotel de luxo em que os...

Projeto que libera estados legislarem sobre armas avança na Câmara

Foto: Pedro França/Agência Senado Fachada do Palácio do Congresso Nacional 24 de abril de...

Ana Maria chora ao conversar com tutor de cachorro morto em voo da Gol

Ana Maria Braga entrevistou o engenheiro João Fantazzini Júnior, tutor do cãozinho Joca, de...

Mais para você