InícioEditorialPolítica NacionalPGR denuncia mais 100 pessoas por atos de 8 de janeiro; total...

PGR denuncia mais 100 pessoas por atos de 8 de janeiro; total passa de mil

A Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou nesta quinta-feira, 16, 100 novas denúncias contra pessoas acusadas de envolvimento nos atos de 8 de janeiro, em Brasília. Na ocasião, as sedes dos Três Poderes foram invadidas e depredadas, incluindo instalações do Congresso Nacional, Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal. Desde o início das investigações, o Grupo Estratégico de Combate aos Atos Antidemocráticos já denunciou 1.037 pessoas. Elas devem responder, em liberdade, por incitação equiparada pela animosidade das Forças Armadas contra os Poderes Constitucionais e associação criminosa, com penas que podem chegar a 3 anos e 3 meses de reclusão.

As novas acusações foram protocoladas na quarta-feira, 15, no Inquérito 4.921, que apura a participação de incitadores dos atos e partem da identificação de três grupos de infratores: participantes ativos, o que inclui aqueles que invadiram os edifícios e atuaram na depredação do patrimônio público; pessoas que avançaram as barreiras policias de proteção dos edifícios; e membros que acamparam nas imediações do Quartel-General, solicitando intervenção das Forças Armadas e incitando animosidade entre estas e os Poderes Constitucionais. Segundo a PGR, os denunciados nesta quinta eram membros do acampamento e faziam parte do último grupo.

O órgão também reforça que os documentos e informações analisadas pelos investigadores antes da elaboração das denúncias contempla ainda “farto material reunido e encaminhado pelos órgãos públicos atingidos” e que as acusações “explicitam a possibilidade de serem apresentadas novas denúncias, caso as investigações – ainda em curso – revelem que a pessoa deve responder também por outros crimes, seja de ação ou omissão”.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Câmara de SP deve votar privatização da Sabesp nesta quarta com expectativa de aprovação no primeiro turno

A Câmara Municipal de São Paulo deve votar a privatização da Sabesp nesta quarta-feira...

Governo exonera primo de Lira de superintendência do Incra em Alagoas após pressão do MST

O governo exonerou Wilson César de Lira Santos do cargo de superintendente regional do...

Mercado reage mal após Lula revisar meta de superavit

Economistas elevaram projeções do dólar e da Selic; moeda norte-americana chegou a R$ 5,28...

Mais para você