InícioEditorialPolítica NacionalPL Mulher cancela agenda de maio após morte de Amália Barros

PL Mulher cancela agenda de maio após morte de Amália Barros

Ala feminina do Partido Liberal retoma eventos em junho; deputada era vice-presidente do grupo quando morreu em 12 de maio

Amália Barros passou por cirurgia para retirar um nódulo do pâncreas Reprodução/Redes Sociais

PODER360 15.mai.2024 (quarta-feira) – 16h18

O PL Mulher, ala feminina do partido liberal, cancelou todos os eventos de maio em decorrência da morte da deputada federal e vice-presidente do grupo, Amália Barros (PL-MT). O anúncio foi feito nas redes sociais nesta 4ª feira (15.mai.2024).

A deputada morreu em 12 de maio em São Paulo, aos 39 anos, por complicações de saúde decorrentes de um nódulo no pâncreas. Barros estava hospitalizada no hospital paulista Vila Nova Star –mesmo hospital onde Bolsonaro está internado– desde 1º de maio, quando descobriu o tumor.

O corpo da deputada foi velado no mesmo dia, em Mogi Mirim (SP) e contou com a presença da ex-primeira-dama e presidente do PL Mulher, Michelle Bolsonaro e do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

O PL Mulher volta a realizar eventos a partir de 1º de junho em Boa Vista (RR). Tem eventos também em Palmas (TO), Teresina (PI) e em São Paulo. As agendas costumam ter a presença de Michelle e, em algumas ocasiões, do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Bolsonaro, no entanto, está hospitalizado para tratar do agravamento de um quadro de erisipela. Ele está internado desde 4 de maio, quando viajou para Manaus para atender a um evento do PL Mulher.

O ex-presidente deve receber alta em 17 de maio e retornará a Brasília no mesmo dia.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mais para você