InícioNotíciasPolicialProfessor vai usar tornozeleira eletrônica após "apoiar" ataque em creche de Blumenau

Professor vai usar tornozeleira eletrônica após “apoiar” ataque em creche de Blumenau

Um professor de uma escola pública de Joinville é acusado de ter feito comentários ofensivos sobre o crime que aconteceu na creche de Blumenau no último dia 5 de abril. O educador foi afastado das funções pela Justiça e, com a investigação, ele terá de usar tornozeleira eletrônica.

O docente também está proibido de se aproximar dos alunos, segundo a Polícia Civil de Santa Catarina. Em um vídeo gravado por estudantes, o professor comentou que “mataria mais do que quatro pessoas”, além de detalhar como faria a ação. 

“Mataria uns 15, 20. Entrar com dois facões, um em cada mão e ‘pá’. Passar correndo e acertando”, disse o professor, segundo informações coletadas pelo jornal O Globo.

A Secretaria de Estado de Educação de Santa Catarina vai apurar a conduta do professor, além de “está tomando todas as medidas cabíveis” e vai verificar os fatos para continuar o processo. 

O comentário do educador foi em relação ao homem de 25 anos que invadiu uma creche de Blumenau, que atacou as crianças, matando cinco menores e deixando outras quatro pessoas feridas. O criminoso já tinha passagem pela polícia. 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Estudo identifica proteína que ajuda covid a fugir do sistema imune

Descoberta de novo mecanismo de evasão viral representa avanço na imunoterapia e perspectiva promissora...

Quem é Luciane, mãe de Matteus, também envolvida em polêmica de cotas

O ex-BBB Matteus Amaral virou assunto nesta sexta-feira (14/6) devido a fraude de cotas...

Movimento no União Brasil pode barrar candidatura de Elmar à Câmara

Parece que, além da resistência do governo em relação ao nome de Elmar Nascimento...

RECORDAR ENSINA – Os Estados Unidos não são um país sério

19:22 A comissão que investiga os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001...

Mais para você