InícioEditorialPolítica NacionalReeleição é convite à corrupção, diz Kajuru

Reeleição é convite à corrupção, diz Kajuru

Senador é autor de PEC que trata do fim da reeleição; texto está na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça)

“No 2º mandato, você está preguiçoso, desanimado e, se você for corrupto, mais apetitoso”, diz o senador Jorge Kajuru (foto) Sérgio Lima/Poder360 – 22.abr.2019

PODER360 22.mar.2024 (sexta-feira) – 9h26

O senador Jorge Kajuru (PSB-GO) disse que obter um 2º mandato eleitoral é um “convite à corrupção”. Ele é autor da PEC (proposta de emenda à Constituição) 12 de 2022, que trata do fim da reeleição e está na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).

“No 2º mandato, você está preguiçoso, desanimado e, se você for corrupto, mais apetitoso. Mais guloso, cachorro mais faminto. Você vai querer roubar mais porque são seus últimos 4 anos. E vai deixar roubar”, declarou em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo publicada nesta 6ª feira (22.mar.2024). 

O Senado estuda várias propostas para acabar com a reeleição para os cargos de prefeito, governador e presidente da República, e todas ampliam o mandato de senadores de 8 para 10 anos. O plano é que os eleitos no Brasil passem a ter mandatos de 5 anos, com exceção dos senadores, que ficam no cargo por duas legislaturas.

O relator do novo Código Eleitoral, senador Marcelo Castro (MDB-PI), está designado a trabalhar em cima de um texto sobre o fim da reeleição do Poder Executivo. Ele deve ser escolhido como relator da PEC apresentada por Kajuru e vai desenvolver um parecer baseado na proposta que tiver mais apoio.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), defende que a proposta final seja aprovada ainda em 2024 na Casa.

Kajuru disse ser “imprevisível” como o tema será recebido na Câmara dos Deputados. Segundo ele, deputados do chamado “alto clero” têm mais influência que os senadores. 

“A Câmara todo dia dá a impressão de que o [escritor e humorista] Millôr Fernandes tinha razão: o dinheiro compra o cão, o canil e o abanar do rabo. Não com todos, eu nunca generalizo. Mas ali é jogo. Ali é ministério, é cargo, é dinheiro todo dia”, declarou. 

“Hoje, deputado federal tem mais valor que senador. Agora, é claro que ele tem que participar do alto clero. Tem que ser um deputado federal de nível, de postura, de credibilidade, com força”, disse, acrescentando que a força de um senador é “muito menor”. Ele afirmou: “O que tem é status. Eu nunca operei uma galinha e tem gente que me chama de doutor”. 

O senador disse ter conversado sobre o fim da reeleição com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

“Ele falou: ‘Kajuru, eu te conheço há 35 anos e você sabe que a nossa relação sempre foi a melhor possível. Agora, eu discordo de você. Eu acho que a reeleição é importante. São poucos países que não têm. Não vou interferir’. Falou para todos os líderes: vocês decidem. Não se influenciem pela minha opinião’”, declarou o congressista. 

O senador disse pretender apresentar, no futuro, 2 projetos: um que aumenta o mandato de congressistas, sem reeleição; e outro que dá a possibilidade de até duas reeleições, mas veta a 3ª.

“Evitaria a profissão. Tem gente que está há 46 anos aqui. Tem gente digna”, disse, citando o ex-senador Alvaro Dias (Podemos-PR). “Mas não é todo dia que tem um Álvaro Dias. O cardápio não é bom. O cardápio é péssimo. A maioria, vamos falar a verdade, ficou aqui 30, 35, 40 [anos], ficou bilionária, saiu para nunca mais precisar de dinheiro na vida e roubou mesmo” acrescentou.

“Penso até na minha reeleição. Será justo eu querer ser reeleito senador em 2026 se eu propus o fim da reeleição? É discutível isso. A princípio, é uma incoerência. Por isso que, talvez, se eu continuar, eu decida ser candidato a deputado federal e encerre a minha carreira. Porque eu vou estar com 72 anos e eu quero beijar na boca e ser feliz”, completou. 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Veja imagens do ato de Bolsonaro em Copacabana, no Rio

Apoiadores levaram bandeiras do Brasil e de Israel, representações da Constituição e cartazes em...

Juízes afastados pelo CNJ recorrem ao STF e dizem que medida foi “excessiva e inadequada”

Foto: Luiz Silveira/Ag.CNJ O corregedor Luis Felipe Salomão, do Conselho Nacional de Justiça,...

Homem morre em unidade hospitalar, após grave acidente na BR-101 em Teixeira

ARIVALDO SILVA OLIVEIRA (47 anos), morreu numa unidade médica na cidade de Teixeira de...

NOTA DE FALECIMENTO – Antônio Bernardo da Silva

Antônio Bernardo da Silva Data de falecimento: 20/04/2024 Saiba mais informações sobre o serviço de notas...

Mais para você