InícioNotíciasPolíticaSem Bolsonaro, Marcha para Jesus terá Nunes, Tarcísio e André Mendonça

Sem Bolsonaro, Marcha para Jesus terá Nunes, Tarcísio e André Mendonça

São Paulo – Com previsão de receber 2 milhões de fiéis, a Marcha para Jesus ocorre nesta quinta-feira (30/5), na zona norte da capital paulista, e contará com a presença do prefeito Ricardo Nunes (MDB) e do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos).

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que tem nos evangélicos um relevante grupo de apoiadores, não participará do evento, assim como no ano passado. A última vez em que ele esteve no palco da marcha foi em 2022, quando tentou a reeleição e perdeu para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que também não irá.

Ricardo Nunes retornará à Marcha para Jesus neste ano, de olho no eleitorado evangélico a quatro meses do pleito em que tentará a reeleição — as pesquisas mostram que o prefeito está tecnicamente empatado com o deputado Guilherme Boulos (PSol) na liderança. No ano passado, Nunes cumpriu agenda fora do país e não compareceu.

Tarcísio, um dos maiores aliados políticos de Nunes, estará no palco montado pelo apóstolo Estevam Hernandes, líder da Igreja Renascer, pelo terceiro ano consecutivo. O governador se reuniu com os organizadores em fevereiro deste ano, quando gravou um vídeo de apoio e posou para fotos ao lado da camisa do evento.

Na Marcha para Jesus do ano passado, Tarcísio ajoelhou no palco e fez orações. Ele também sancionou uma lei tornando o evento patrimônio imaterial do estado.

A marcha terá início às 10h, na qual o público caminhará da estação da Luz, no centro da cidade, até a Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira (FEB), na zona norte, próxima ao Campo de Marte.

A caminhada percorre mais de 4 km e dura cerca de uma hora. Na praça será montado um palco que receberá shows de música gospel e discursos das autoridades. É esperado que Tarcísio e Nunes falem para o público.

Sem Bolsonaro, com Mendonça Convidado a participar, Bolsonaro não deve comparecer ao evento. O ex-presidente cumpre uma série de agendas no interior paulista, nas quais tem arrecadado donativos para as vítimas da tragédia no Rio Grande do Sul.

Lula também não comparecerá. Assim como no ano passado, o presidente enviará o advogado-geral da União (AGU), Jorge Messias, para representá-lo. Apesar de ser evangélico, Messias foi vaiado, na edição passada, ao citar o petista em seu discurso.

Confirmou presença na marcha o ministro André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF), que também já participou em anos anteriores. No ano passado, ele discursou e deu as suas bênçãos para que o então advogado de Lula, Cristiano Zanin, assumisse uma vaga no STF.

Outra autoridade que também disse que comparecerá ao evento é o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União), considerado um dos presidenciáveis de 2026 ao lado de Tarcísio.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Moraes abre novo inquérito para apurar obstrução do caso Marielle

Ministro também pede que o MP-RJ avalie a abertura de nova investigação contra o...

Vídeo: Gracyanne Barbosa fala sobre “escapadinhas” com Belo

Gracyanne Barbosa falou que ainda dá umas “escapadinhas” com Belo, revelando que, vez...

Caso Marielle: STF aceita denúncia contra irmãos Brazão e outros acusados de mandar matar vereadora

PGR denunciou os irmãos Brazão e o delegado Rivaldo Barbosa em maio deste ano;...

Mais para você