InícioEditorialPolítica NacionalSuprema Corte dos EUA aprova mapa eleitoral questionado por democratas

Suprema Corte dos EUA aprova mapa eleitoral questionado por democratas

Partido acusam republicanos de dividirem racialmente o eleitorado da Carolina do Sul para favorecer políticos brancos

A Suprema Corte dos EUA está divida entre 6 juízes conservadores e 3 liberais Paulo Silva Pinto/Poder360 – 11.jul.2023

PODER360 23.mai.2024 (quinta-feira) – 20h29

A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu nesta 5ª feira (23.mai.2024) manter o uso do mapa eleitoral da Carolina do Sul. A versão é contestada por democratas.

Segundo o partido do presidente Joe Biden, o mapa desfavorece eleitores negros em benefício de candidatos republicanos. A decisão por 6 a 3 reforça novamente a divisão entre conservadores e liberais na Suprema Corte norte-americana. Eis a íntegra da decisão (PDF – 1 MB, em inglês).

A Câmara da Carolina do Sul, controlada pelos republicanos, foi acusada de dividir eleitores com base na raça para consolidar a maioria republicana, uma prática considerada inconstitucional, de acordo com o 14º Emenda da Constituição do país. 

Com a decisão da última instância, o caso volta à Justiça do Estado. Na 1ª Instância, um painel federal de 3 juízes havia classificado o mapa como um exemplo claro de “gerrymandering racial”, principalmente em Charleston, onde comunidades negras supostamente foram divididas para criar um distrito mais favorável para os republicanos. Na ocasião, o painel pediu um novo desenho do mapa.

“Gerrymandering” é o nome dado às mudanças de fronteiras geográficas dos distritos eleitorais para segregar parcelas da população e aumentar a influência de outros.

Se mantido o mapa, a deputada Nancy Mace (Republicana) ganha fôlego na disputa pela reeleição à Câmara dos Representantes dos EUA. Ela é integrante da Casa Baixa pelo 1º distrito da Carolina do Sul, que engloba a cidade de Charleston.

Sua reeleição é importante para ajudar o partido a manter a ligeira maioria que tem na Câmara. Atualmente, há 217 deputados republicanos e 213 democratas. Outras 5 cadeiras estão vagas. Nas eleições de 5 de novembros, todos os 435 assentos serão postos em disputa.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Tarcísio diz que escolas cívico-militares promovem “direitos humanos”

Governador de São Paulo defendeu modelo de educação em manifestação a Gilmar Mendes; STF...

Juliette se pronuncia após críticas de neto de Luiz Gonzaga

A assessoria de Juliette Freire se manifestou nas redes sociais após Daniel Gonzaga, neto...

DF: 6 mil cobradores temem desemprego com fim do dinheiro nos ônibus

Em meio à mudança que dará fim ao pagamento em dinheiro no transporte coletivo...

Jerônimo prestigia festejos juninos pelo interior do estado, até segunda-feira (24)

Os festejos juninos de alguns municípios baianos serão prestigiados pelo governador Jerônimo Rodrigues, nos...

Mais para você