Prado: Homem morre após receber dois tiros

Por volta das 20h30min desta quarta-feira (04) um homem foi morto à tiros na cidade do Prado. O crime aconteceu na Rua Pau Brasil, da Alameda do Atlântico, bairro conhecido como ‘Portelinha’; que fica na zona leste da cidade.

O garçom HELDER SANTOS TAVARES (42), o ‘Dédo’, natural de Maceió/AL, foi morto após ser atingido por dois disparos de arma de fogo. As primeiras informações dão conta de que ele estava sentado numa cadeira.

Ao perceber a aproximação de seu executor, tentou fugir; quando foi alvejado na perna e caiu de joelhos, momento em que recebeu um segundo tiro, desta vez, nas costas. Este último o atingiu na altura do pulmão.

Ainda com vida, ‘Dédo’ foi socorrido por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Chegou com vida, no Hospital Jonival Lucas. Segundo um dos policiais, presentes na ocorrência, ‘Dédo’ estava lúcido e dizia ter sido atingido por dois disparos, no entanto, não saberia reconhecer seu executor, porque ele estava de capacete com viseira escura.

Segundo uma testemunha ocular do crime, após disparar duas vezes para executar a vítima, o homicida partiu em disparada à bordo de uma motocicleta, conduzida por um segundo criminoso. Policiais do 4º Pelotão da Polícia Militar estiveram na cena do crime e realizaram rondas para tentar localizar os criminosos.

Após a morte ser atestada por uma equipe médica do hospital, o corpo foi removido, por Darlon da Funerária, para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju. A delegada titular da Polícia Civil do Prado, Dra. Rosângela Santos, determinou abertura de inquérito para apurar motivação e autoria do crime, com características que apontam para execução.

O local e o horário do velório e do sepultamento não foram informados pela família, que é muito tradicional e conhecida na cidade pradense.

Fonte / Primeiro Jornal

Deixe seu comentário