InícioEditorialPolítica NacionalCMO aprova relatório preliminar da LDO sem mexer no déficit zero

CMO aprova relatório preliminar da LDO sem mexer no déficit zero

Parlamentares terão até o dia 16 de novembro para apresentar emendas ao texto, que define diretrizes para a Lei Orçamentária Anual

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.

Reprodução/YouTube/TV Senado

Deputado federal Danilo Forte (União-CE) é o relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias

A Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou, nesta terça-feira, 7, o relatório preliminar da Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO), de autoria do deputado Danilo Forte (União Brasil-CE). O parlamentar do União Brasil não alterou a previsão de déficit zero, já que o governo Lula não enviou novas metas até a apreciação do texto. Agora, deputados e senadores terão até o dia 16 de novembro para apresentar emendas à LDO. A versão final deve ser protocolada por Forte até o dia 20 de novembro e votada entre os dia 22 e 23 de novembro. A deputada Adriana Ventura (Novo-SP) elogiou o relatório preliminar, mas criticou o prazo apertado para votação. “Vamos ter tempo para ler? Chega o relatório, incorpora um monte de pedido e já faz a votação. Queremos um prazo de dois dias úteis”, afirmou. A LDO define as diretrizes da Lei Orçamentária Anual (LOA) e estabelece despesas previstas, metas e prioridades orçamentárias do governo federal para o próximo ano.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Comissão dos EUA diz que Moraes “censura” oposição ao governo Lula

Relatório de deputado pró-Trump diz que ministro do STF tenta “forçar” o X (ex-Twitter)...

Ato de Bolsonaro no Rio no dia 21 terá governadores e parlamentares: veja quem vai

Foto: Divulgação Jair e Michelle Bolsonaro 17 de abril de 2024 | 21:45 ...

Veja momento em que câmeras espiãs são encontradas em casa de deputada

Um vídeo mostra o momento em que as câmeras instaladas no apartamento alugado pela...

Campos Neto diz que mudança na meta afeta política monetária

“Quando tem problemas de credibilidade em algum dos lados, afeta o outro”, afirma em...

Mais para você