InícioNotíciasPolíticaConfira 5 benefícios de fruta “sem açúcar” e rica em antioxidantes

Confira 5 benefícios de fruta “sem açúcar” e rica em antioxidantes

Típica da região do Mediterrâneo e Oriente Médio, a romã é rica em antioxidantes e fibras, principalmente as sementes. Por conta de integrarem esses dois compostos, consumir a fruta beneficia a saúde intestinal e ajuda a combater doenças, a exemplo do câncer e das cardíacas.

Em busca de listar os benefícios da fruta, o portal de saúde e nutrição Shape entrevistou nutricionistas, que recomendaram comer o alimento regularmente. Os experts destacaram que a romã traz, em sua composição, vitaminas do complexo B e minerais.

As nutricionistas listaram os benefícios da fruta rica em fibras e antioxidantes Abaixo, confira cinco benefícios da romã!

1. Fonte de antioxidantes Em sucos de algumas frutas, há perda de nutrientes. Todavia, fazer a bebida de romãs continua com alto teor de antioxidantes, conforme revelou a nutricionista Roxana Ehsani: “Pesquisas anteriores descobriram que o suco de romã tem ainda mais potência antioxidante do que o vinho tinto ou o chá verde”.

Especialista em nutrição esportiva, Lexi Moriarty argumentou ser necessário “comer e beber” antioxidantes em razão desses ativos ajudarem a combater os radicais livres, a reduzir os danos celulares e a evitar o risco de doenças. Ingerir a romã tende a favorecer a saúde da pele, cerebral e dos olhos.

2. Rica em fibras “Meia xícara [de sementes de romã] contém quase 4 gramas de fibra”, alegou Roxana. Segundo a nutricionista, esse nutriente está em alto teor na fruta e pode ajudar os adultos a atingirem o índice diário. De acordo com a Academia de Nutrição e Dietética, as mulheres devem consumir 25 gramas por dia e os homens 38 gramas.

As especialistas aconselharam comer romã com frequência devido aos nutrientes As fibras são fundamentais para melhorar a saúde do intestino, mas esse não é o único bônus para a região. A fruta dispõe de polifenóis, capazes de funcionar como prebióticos que alimentam os micro-organismos positivos do microbioma intestinal.

“Os micróbios benéficos [no intestino] podem deleitar-se com polifenóis das romãs, o que pode melhorar o revestimento intestinal e diminuir a inflamação causadora de doenças. À medida que os micro-organismos positivos aumentam, os tipos mais prejudiciais diminuem”, ponderou a nutricionista Kim Kulp.

3. Coração saudável Se as nozes lembram o formato do cérebro, as romãs, quando cortadas, remetem a um coração e somam compostos que protegem o órgão. A fruta compõe a lista dos alimentos cardioprotetores por aumentar o colesterol HDL (bom) e reduzir os níveis do LDL (ruim). Também ajuda a controlar a pressão arterial.

O suco da fruta ajuda a limpar as artérias Kim comentou que beber suco de romã tende a melhorar o fluxo sanguíneo e a saúde das artérias evitando o acúmulo de placas. Especialista em nutrição focada em pacientes com câncer, Cindy Chou sustentou que a fruta “está associada à melhoria de alguns fatores de risco para doenças cardíacas”.

4. Aumentar o desempenho atlético As experts em nutrição esportiva Roxana Ehsani e Lexy Moriarty sugeriram comer romãs para aumentar o desempenho durante a prática de exercícios físicos. Também dá para absorver os nutrientes por meio do suco da fruta.

“O suco de romã pode contribuir no desempenho atlético e ajudar a acelerar a recuperação após o exercício, mostram pesquisas”, abordou Lexy. Ela complementou: “Também tende a auxiliar com a melhoria da biodisponibilidade do óxido nítrico, o que favorece o corpo a obter os nutrientes necessários para a atividade”.

Salada com sementes de romã 5. Controle de açúcar do sangue É de conhecimento que as frutas trazem na composição um açúcar próprio, contudo a romã pertence à listagem das frutas com baixo teor da substância. Segundo Kim Kulp, pacientes diagnosticados com diabetes podem saborear o alimento, mas antes disso, requer consultar um médico ou nutricionista.

Ainda no quesito açúcar, as romãs são capazes de manter os níveis da substância no sangue sob controle. Kim se baseou em uma pesquisa feita em animais e humanos. A fruta melhorou o índice em pessoas diabéticas em jejum.

As especialistas em nutrição ressaltaram os benefícios da fruta Para saber mais, siga o perfil de Vida&Estilo no Instagram.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mais para você