InícioEditorialPolítica NacionalEmbaixador da União Europeia critica postura de Lula com ditaduras de esquerda

Embaixador da União Europeia critica postura de Lula com ditaduras de esquerda

O embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybañez, compartilhou neste domingo (5), em seu perfil oficial nas redes sociais, um artigo jornalístico em que critica a postura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em relação aos regimes autoritários de Cuba, Venezuela e Nicarágua. No artigo publicado na Folha de S.Paulo, o colunista Demétrio Magnoli cita as declarações de Lula na cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), na Argentina, em janeiro, e argumenta que o presidente “celebrou a democracia com uma face enquanto celebrava seus ditadores de estimação com a outra”. Para Magnoli, que disse que Lula está “fossilizado”, o presidente não aproveitou seu discurso para defender eleições livres na Venezuela, Cuba e Nicarágua e ainda “executou suas acrobacias habituais destinadas a legitimar as tiranias”. O petista também apontou o diálogo como solução para o “problema” na Venezuela, afirmou o colunista. “O tempo passou na janela e só Carolina não viu”, diz um trecho do artigo, em referência à música de Chico Buarque, que foi destacado na publicação do embaixador da UE.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mercado reage mal após Lula revisar meta de superavit

Economistas elevaram projeções do dólar e da Selic; moeda norte-americana chegou a R$ 5,28...

IBGE vende mapa com Brasil no centro do mundo. Saiba como comprá-lo

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai começar a vender o mapa-múndi...

Mais para você