InícioNotíciasPolíticaEx-presidente do PL-SP é condenado a 40 anos por abuso de netas...

Ex-presidente do PL-SP é condenado a 40 anos por abuso de netas e filha

O ex-presidente da Câmara de Suzano e ex-vice-presidente do Partido Liberal (PL) em São Paulo, José Renato da Silva, conhecido como Zé Renato, foi condenado a 40 anos em regime fechado pelo estupro de duas netas e da própria filha. Aos 71 anos, o político poderá recorrer em liberdade.

Segundo a sentença, uma das netas afirmou que os abusos começaram quando ela tinha 7 anos. Na ocasião, Zé Renato a chamava para assistir desenho em seu chalé e, enquanto isso, passava a mão em seu corpo. Certo dia, ele tirou a calça e pediu para “fazer carinho”.

“O réu fez com que a vítima Lais tocasse em seu pênis. A vítima lhe disse que a lembrança mais nojenta que tem é do réu molhando os dedos e introduzindo-os em sua vagina”, diz a sentença. Outra vítima afirmou que foi abusada por Zé Renato dos 5 aos 15 anos.

Ao descobrir os fatos, a mãe das vítimas, que também foi abusada quando criança, confrontou Zé Renato, seu pai. Ele negou que tivesse abusado da filha, mas confirmou os abusos às netas.

As denúncias foram publicadas pela primeira vez nas redes sociais da filha da Zé Renato, Cintia Renata Lira da Silva, no ano passado. “Quando eu tinha seis anos de idade meu pai me convidou para tomar banho com ele. Esse banho mudou o resto da minha vida. Após o abuso ocorrido, eu apaguei 7 anos da minha memória e uma grande parte da minha infância. Era como se eu tivesse dormido com 6 e acordado com 13 anos. Não tenho lembranças desse período, nem boas e nem ruins”, afirmou em seu relato.

Documento da Justiça Eleitoral aponta que José Renato deixou de ser vice-presidente do PL no dia 6 de abril de 2022.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mais para você