InícioEditorialPolítica NacionalGoverno anuncia empresas vencedoras de licitação de R$ 200 mi da Secom

Governo anuncia empresas vencedoras de licitação de R$ 200 mi da Secom

Ministério das Comunicações tenta resolver queda de popularidade do governo; as empresas apresentaram plano de combate às fake news

A licitação para as empresas de comunicação será a principal aposta do governo Lula para resolver a queda de popularidade do petista Sérgio Lima/Poder360 – 23.abr.2024

PODER360 24.abr.2024 (quarta-feira) – 6h05

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anuncia nesta 4ª feira (24.abr.2024) 4 empresas de comunicação digital para atender as demandas da Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência).

A licitação para os contratos será de R$ 197.753.736 e o contrato tem duração inicial de 1 ano. O valor é considerado o maior da história do governo federal para o setor da comunicação.

O anúncio das 4 empresas –de um total de 24 que estão concorrendo– será feito no Salão Nobre do Ministério das Comunicações, às 9h, segundo o aviso de licitação (PDF – 60 kB) emitido pela Secom.

A escolha das companhias é feita com base nas soluções propostas para combater as fake news. Ao lançar a iniciativa, o governo determinou que cada uma das empresas deveria apresentar um plano de comunicação digital com estratégias e ações de combate à disseminação de informações falsas sobre temas referentes ao governo.

A presidência apresentou uma série de objetivos visados na apresentação do plano. Eis a lista:

promover a “educação midiática” para identificar fake news; incentivar alertas contra informações falsas; demonstrar o impacto das fake news na população; e divulgar fontes confiáveis de informação. Segundo o edital lançado pelo governo, as 4 empresas a serem escolhidas devem determinar tarefas como a implementação de soluções de comunicação digital e moderação de conteúdo e de perfis em redes sociais. Eis a íntegra do edital (PDF – 223 kB).

O anúncio desta 4ª feira (24.abr) será feito pela comissão técnica do Ministério das Comunicações, com base nas notas que cada uma das empresas receber por suas respectivas propostas apresentadas. Até o momento do anúncio, a comissão não saberá qual empresa recebeu cada nota.

Além da Secom, os contratados deverão atender demandas dos outros órgãos que compõem a Sicom (Sistema de Comunicação de Governo do Poder Executivo Federal).

O Planalto aposta que, com essas contratações, o governo poderá ter um controle melhor da entrega do conteúdo à população. A administração Lula reclama de não ter ferramentas de segmentação de entregas. Dessa forma, é como se o governo não conseguisse atingir o público alvo de cada ação lançada pela União.

ESTRATÉGIA PARA QUEDA DE POPULARIDADE DO GOVERNO A licitação para as empresas de comunicação se dá depois de a gestão petista presenciar uma queda de popularidade. O governo vem patinando sobre sua atuação e como se apresentar nas redes sociais. A iniciativa é a principal aposta para resolver a questão.

O mau desempenho do governo na comunicação tem sido alvo de críticas de Lula –o próprio presidente tem atribuído publicamente à área a queda na sua popularidade. A expectativa, nos bastidores, é que de maio a junho as novas ferramentas já estarão contratadas e funcionando.

Em 2023, houve uma fracassada tentativa de fazer lives, mas o petista teve baixíssima audiência a abandonou a estratégia. O contratado para interagir nessas transmissões, Marco Uchôa, até saiu do governo.

No 1º semestre de 2024, o governo Lula também lançou a campanha Fé no Brasil, criada para divulgar de forma mais integrada as entregas do Executivo e tentar se aproximar dos evangélicos.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Durante tensão diplomática, Milei diz que viajará à Espanha

Presidente da Argentina pretende ir ao país europeu em 21 de junho para receber...

Vídeo: após TSE rejeitar cassação, Moro diz que julgamento foi técnico

VINÍCIUS SCHMIDT/METRÓPOLES 1 de 1 Imagem colorida do Senador Sérgio Moro (União-PR) deixa gabinete...

Na presidência do G20, Brasil quer menos burocracia nos fundos verdes

A desburocratização do acesso aos quatro principais fundos internacionais voltados para o financiamento de...

Companhias aéreas anunciam voos em Canoas como alternativa a Porto Alegre

As companhias aéreas Azul e Latam anunciaram a oferta de voos com origem ou...

Mais para você