InícioNotíciasPolicialHomem é flagrado transportando 287 pedras de esmeraldas dentro de carro na...

Homem é flagrado transportando 287 pedras de esmeraldas dentro de carro na Bahia

Um homem de 43 anos, que não teve a identidade divulgada, foi flagrado transportando 287 pedras de esmeraldas brutas, na tarde da última terça-feira (16), por volta das 15h30, durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Km 225 da BR 242, nas imediações de Itaberaba, na Chapada Diamantina. O flagrante ocorreu após os policiais abordarem uma caminhonete Mitsubishi/Triton, conduzida pelo homem, que viajava ao lado do pai.

Na entrevista, os ocupantes do veículo disseram que estavam retornando de Teófilo Otoni (MG) para Campo Formoso (BA). Os policiais encontraram uma nota fiscal que constatava em seu corpo a discriminação de certa quantidade de pedras preciosas. Em vistoria no porta-luvas do carro, os policiais encontraram uma caixa de joias contendo 287 pedras de esmeraldas não lapidadas, que possui alto valor no mercado internacional.

Aos policiais, o motorista informou que é empresário do ramo de pedras ornamentais. Questionado sobre a procedência das esmeraldas, o homem disse que as pedras eram sobras de um cascalho comprado no ano passado e que não valia a pena passar pelo processo de lapidação. Logo em seguida ele contou outra versão e apresentou um certificado de origem do material, porém a quantidade informada no documento era divergente do volume apreendido.

Em seguida, a ocorrência foi encaminhada para as autoridades competentes, onde as esmeraldas foram entregues para continuidade das investigações e demais procedimentos. Vale ressaltar que a exploração mineral, popularmente conhecida como “garimpo”, não é uma atividade ilegal no Brasil. Todavia, existem procedimentos e legislações que devem ser seguidas, gerando empregos e renda de forma sustentável.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mobilização indígena em Brasília vai pressionar contra o marco temporal

Acampamento Terra Livre deve durar 5 dias e organização espera reunir mais de 6...

Monitor da USP diz que ato de Bolsonaro em Copacabana reuniu 32,7 mil pessoas

Foto: Saulo Angelo/Thenews2/Folhapress Ato de Bolsonaro no Rio de Janeiro 21 de abril de...

Destruição da Amazônia reduz etnia Akuntsu a apenas 3 mulheres

A pressão ao longo de décadas de colonizadores e desmatadores reduziu uma das pouco...

Fiscalização da Lei Seca flagra ‘fadas’ cobrando para ajudar motoristas na blitz

A fiscalização da Lei Seca no Rio de Janeiro flagrou motoristas que cobram dinheiro...

Mais para você