InícioNotíciasPolíticaIbaneis acena para boa relação com Lula: “País não quer mais guerra”

Ibaneis acena para boa relação com Lula: “País não quer mais guerra”

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), declarou que o novo mandato será tocado em união com o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O anúncio foi feito durante a posse na manhã desse domingo (1º/1).

“O momento, agora, é de união pelo Brasil. De paz para nossa cidade, que, hoje, recebe o novo presidente da República. Ele vem, com fé em Deus, para unificar e pacificar este país. Precisamos de paz para enfrentar problemas reais, de fome, de miséria, desigualdade social e de gênero. O país não aguenta mais guerra. Chegou a hora de olhar para a frente, com respeito às diferenças”, declarou o governador reeleito.

Veja fotos da posse

Foto-posse-governador-df (2)

Ibaneis Rocha (MDB) tomou posse no segundo mandato como governador do Distrito Federal, às 11h30 deste domingo (1º/1). Matheus Veloso/Metrópoles

Foto-posse-governador-df (6)

Celina Leão (PP) foi empossada como vice-governadora.Matheus Veloso/Metrópoles

Foto-posse-governador-df (4)

Em discurso, Ibaneis afirmou que respeita os Poderes constituídos e as instituições.Matheus Veloso/Metrópoles

Foto-posse-governador-df (7)

Citou, ainda, o novo governo federal, sob gestão de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), defendeu a união do Brasil para “enfrentar os problemas de verdade” e disse que o período é de união.Matheus Veloso/Metrópoles

Foto-posse-governador-df (1)

Celina Leão, 45 anos, Começou na política como deputada distrital, em 2010, pelo PMN e foi reeleita em 2014. Atuou como presidente da CLDF, mas acabou afastada da função durante as investigações da Operação Drácon, que teve a ação penal suspensa pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).Matheus Veloso/Metrópoles

Foto-posse-governador-df (3)

Em 2018, elegeu-se para o primeiro mandato de deputada federal, com 31.610 votos. Na Câmara dos Deputados, foi coordenadora da Secretaria da Mulher.

Ibaneis afirmou que a parceria é necessária para “enfrentar os problemas de verdade”. Segundo ele, saúde e assistência social serão prioridades na gestão.

Sobre os próximos quatro anos de mandato, Ibaneis prometeu trabalhar para gerar mais emprego, renda, dar educação e saúde de qualidade, além de ampliar os programas sociais. “Governar só vale a pena se for para quem mais precisa”, acrescentou.

“Fizemos um plano de governo com início, meio e fim e sabemos exatamente onde podemos chegar. Temos recursos para trabalhar no DF”, disse. “O secretariado chega hoje consciente do trabalho que tem que realizar”, completou.

PerfilIbaneis Rocha nasceu em 10 de julho de 1971, em Brasília. Formou-se em direito, presidiu a Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF), além de atuar como conselheiro federal e corregedor-geral da OAB Nacional.

Ele alcançou grande patrimônio atuando como advogado de sindicatos. Em 2022, o governador declarou à Justiça Eleitoral ter R$ 79 milhões em bens — R$ 14,3 milhões a menos que em 2018, quando se candidatou pela primeira vez a um cargo eletivo.

Ibaneis se elegeu em 2018, com 1.042.574 votos — 69,79% dos votos válidos. Ele derrotou o então governador, Rodrigo Rollemberg (PSB), e se tornou o primeiro brasiliense a governar a capital federal.

O emedebista se candidatou à reeleição, em 2022, conseguiu 832.633 votos (50,31% dos válidos) e venceu no primeiro turno.

Ibaneis tem três filhos: Caio, João Pedro e Mateus. O mais novo, Mateus, 4 anos, é fruto do relacionamento com a atual esposa, a advogada Mayara Noronha.

Vice-governadoraCelina Leão, 45 anos, nasceu em Goiânia (GO), em 1977. Ela é formada em administração e tem pós-graduação. Aliada do governador Ibaneis, exerceu a função de secretária de Esportes do Distrito Federal, em 2020.

Começou na política como deputada distrital, em 2010, pelo PMN e foi reeleita em 2014.

A distrital atuou como presidente da CLDF, mas acabou afastada da função durante as investigações da Operação Drácon, que teve a ação penal suspensa pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Em 2018, elegeu-se para o primeiro mandato de deputada federal, com 31.610 votos. Na Câmara dos Deputados, foi coordenadora da Secretaria da Mulher.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Oportunidade de fazer o “L”, diz Alckmin sobre Dia da Libras

Vice-presidente afirma que brasileiros elegeram Lula para terem um país mais justo e inclusivo...

Pré-candidata do Novo usa camiseta com pedido de impeachment de Moraes

Foto: Divulgação Pré-candidata do Novo, Marina Helena usa camiseta com pedido de impeachment...

Em meio a polêmica com Mani, Davi explica sumiço das redes sociais

Campeão do BBB 24, Davi Brito voltou às redes sociais e explicou o motivo...

Petistas temem que derrubada de vetos atrapalhe “armistício” com Lira

Petistas temem que a sessão do Congresso Nacional que pode avaliar uma série de...

Mais para você