InícioEditorialPolítica NacionalLula passará o Natal em Brasília e depois terá recesso no Rio

Lula passará o Natal em Brasília e depois terá recesso no Rio

Presidente deve se reunir com Janja e familiares no Alvorada e, depois, irá para à Restinga da Marambaia; não terá compromissos até 3 de janeiro

Na imagem, Lula com familiares e amigos durante festa de Ano Novo de 2022 para 2023 Reprodução/Instagram @luisclaudioluladasilva – 1º.jan.2023

PODER360 23.dez.2023 (sábado) – 20h52

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) passará a véspera e o feriado de Natal, em 24 e 25 de dezembro, em Brasília. Ele estará acompanhado da primeira-dama Rosângela Lula da Silva, a Janja, e de familiares. A celebração do chefe do Executivo deve ser realizada na residência oficial, no Palácio da Alvorada. 

Lula entrará em recesso 1 dia depois do feriado, em 26 de dezembro. O petista não deve ter compromissos oficiais até 3 de janeiro de 2024. Ele também pretende se afastar de eventos públicos durante o período. O destino das “férias” do presidente será a base naval de Restinga da Marambaia, no Rio de Janeiro. 

Na véspera de Natal, Lula fará o tradicional discurso natalino em rede nacional de rádio e televisão. Está previsto para ser exibido às 20h30. Por cerca de 5 minutos, o presidente deverá falar sobre união em detrimento de divergências políticas, ressaltar os principais programas sociais retomados em seu novo governo e indicar as prioridades para 2024.

Lula também deve abordar o 8 de Janeiro e o que considera como consequências dos atos extremistas que levaram à depredação das sedes dos Três Poderes há quase 1 ano. Outros temas que devem ser mencionados pelo presidente são:

os programas sociais retomados, como o Minha Casa, Minha Vida, Bolsa Família e Farmácia Popular; as medidas econômicas do governo, como o programa de renegociação de dívidas para pessoas físicas Desenrola; a aprovação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da reforma tributária e de outros projetos de interesse do governo no Congresso; viagens internacionais em 2023; e as prioridades do governo para 2024, especialmente em ações de transição energética e meio ambiente. LULA ESCOLHE RIO E NÃO REPETE BAHIA A Restinga da Marambaia é administrada pelas Forças Armadas brasileiras (Marinha, Exército e Força Aérea) e, por ser uma área militar, tem praias privativas. É tradicionalmente usado por presidentes para períodos de descanso em feriados. O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) passou o Natal de 2018 na restinga da Marambaia, enquanto Michel Temer (MDB) viajou com a família para a ilha no Ano Novo de 2016 para 2017 e no Carnaval de 2018. 

Tradicionalmente, Lula escolhe a base naval de Aratu, próxima a Salvador, na Bahia, para descansar. Neste ano, passou o Carnaval no local, que usou para descansar diversas vezes em seus 2 primeiros mandatos à frente do Planalto.

De 2007 a 2010, no 2º mandato, o Lula passou 4 férias seguidas entre fim e começo de ano em Aratu. Há, na base naval, uma casa onde eventuais visitantes ficam hospedados. Bolsonaro, Temer e Dilma Rousseff (PT) também tiveram a base naval como destino enquanto ocupavam a presidência.

Nas viagens de Lula a Aratu, fotojornalistas se aproximavam de barco da praia de Inema, parte da base. O acesso ao local é controlado. A aproximação dependia de quanto a segurança presidencial permitisse. Com teleobjetivas (lentes para câmeras fotográficas com grande distância focal), registravam imagens das férias de Lula.

Foram diversas fotos do petista de sunga, tomado banho de mar. Em 2010, Lula foi fotografado carregando uma caixa de isopor na cabeça. Tinha a companhia de Marisa Letícia, que à época era sua mulher. Marisa morreu em 2017.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Após happy hour com a Câmara, Lula fará reunião com o Senado

Em entrevista à “RedeTV!” presidente diz que pretende tornar...

Crianças mimadas? Psicóloga aponta problemas de uma criação inadequada

Na última segunda-feira (26/2), a cantora Wanessa Camargo foi chamada de mimada por um...

Delegado sobre morte de kalunga em pau-de-arara: “Culpa da vítima”

A Polícia Civil de Goiás concluiu o inquérito para investigar a morte da quilombola...

Polícia faz operação contra facção criminosa em comunidades do Rio; sete são mortos e dois PMs ficam feridos

A Polícia Militar e a Polícia Civil do Rio de Janeiro iniciaram nas primeiras...

Mais para você