InícioEditorialPolítica NacionalLula viajará para o Rio Grande do Sul nesta quinta para verificar...

Lula viajará para o Rio Grande do Sul nesta quinta para verificar os estragos causados pelas chuvas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) viajará para o Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (2) para acompanhar de perto os estragos causados pelas chuvas no estado. “Conversei com o governador Eduardo Leite para saber da situação das fortes chuvas no estado. Amanhã vou pessoalmente ao Sul para verificarmos a situação e o trabalho conjunto dos ministros com o governo do estado”, anunciou o mandatário em suas redes sociais. Como a Jovem Pan mostrou, as fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul deste sábado (29) deixaram ao menos 10 pessoas mortas e 21 desaparecidas. Além disso, mais de 2 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas em todo o estado. As cidades gaúchas foram duramente afetadas, com 77 delas registrando danos e ocorrências em decorrência dos temporais.

O governador Eduardo Leite (PSDB) expressou preocupação com a atual crise e alertou que este será o “maior desastre do Estado”, quando comparado a tragédia de 2023. “Os números são imprecisos, à medida que vão aumentar muito. A crise está em curso. Vai ser pior do que o que aconteceu em setembro do ano passado, infelizmente. […] Nós não teremos capacidade de fazer todos os resgates, porque está muito mais disperso nesse evento climático que a gente está vivenciando. E com dificuldades, porque ali as chuvas não cessam. O estado tem tido dificuldades para acessar as localidades”, declarou o tucano. Em 2023, o RS registrou 16 mortes em junho, 54 em setembro e mais 5 em novembro.

A Força Aérea Brasileira (FAB) está ajudando no resgate das vítimas da enchente que assola a região de Santa Maria. Na noite desta terça-feira (30), dois helicópteros H-60 Black Hawk foram mobilizados para a missão humanitária. Um dos resgates notáveis foi o de uma família que se encontrava ilhada em uma casa ameaçada de desabamento devido à água que invadia o local. A orientação às famílias ilhadas é fazer sinais luminosos para facilitar o resgate. Até o momento, os temporais que atingem o Rio Grande do Sul deixaram dez mortos e 21 desaparecidos. O governo federal e diversos Estados estão mobilizando esforços para auxiliar no enfrentamento das consequências das chuvas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Ex-adversários republicanos apoiam Trump na corrida eleitoral

Nikki Haley e Ron DeSantis discursaram no 2º dia da Convenção Nacional Republicana ...

“Abin paralela”: Ramagem presta depoimento à PF nesta quarta (17/7)

O delegado federal e ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Alexandre...

TRE-RS cassa mandato do deputado federal Maurício Marcon

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) determinou a cassação do...

Mais para você