InícioEditorialPolítica NacionalMarcel van Hattem afirma que compilou denúncias de maus-tratos entre presos do...

Marcel van Hattem afirma que compilou denúncias de maus-tratos entre presos do 8 de janeiro

Em entrevista ao programa Pânico, parlamentar citou casos de negligência com deficientes mentais e imprudência com idosos doentes

Reprodução/Jovem Pan News

Marcel van Hattem foi o convidado do programa Pânico

Nesta segunda-feira, 10, o programa Pânico recebeu o deputado federal Marcel van Hattem (Novo-RS). Na entrevista, ele afirmou que compilou denúncias de maus tratos entre presos pelos atos de vandalismo do dia 8 de janeiro. Segundo ele, os presídios da Papuda e Colmeia negligenciam idosos com bolsa de colostomia e deficientes mentais. Van Hattem também citou casos de pessoas que teriam sido presas injustamente, como uma senhora que chegou a Brasília após os atos e um vendedor de comércio ambulante que não estava envolvido nas invasões. “Essas cartas são reveladoras dos abusos de autoridade cometidos. Para prender as pessoas, em primeiro lugar, foram todas praticamente ilegais, independente se quebrou ou não quebrou”, disse. “Quem quebrou precisa ser responsabilizado, mas as prisões são ilegais e, além disso, o que percebemos é que houve uma omissão gravíssima do governo e um conluio do Ministério da Justiça e do ministro Flávio Dino. Essas coisas me chocam, tinha gente doente, um homem com bolsa de colostomia, laudo de deficiência mental. Faço as coisas com seriedade, não sou de jogar fake news na mídia”, acrescentou.

O parlamentar fez críticas à condução do STF nas prisões citadas e disse estar preocupado com o clima da democracia brasileira. “Estamos em um momento tão drástico da democracia brasileira, em que o Judiciário está passando por cima do que diz a lei e a Constituição, que tem muita gente partindo para aquilo que não devia. Devíamos divulgar um suicídio em Brasília“, contou. “Um cidadão ateou fogo no próprio corpo gritando que não aceitava mais a ditadura do Alexandre de Moraes. Isso praticamente não foi tema da mídia, mas infelizmente foi um suicídio que cai na conta dessa extrema desordem institucional que estamos vivendo em larga medida provocada por situações do STF”, concluiu.

Confira na íntegra a entrevista com Marcel van Hattem:

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Lira e Juscelino comemoram São João em granja de Aguinaldo Ribeiro

Deputado recebe presidente da Câmara e ministro das Comunicações em Campina Grande, na Paraíba ...

Juliette não teve autorização da família Gonzaga para adaptar música

Daniel Gonzaga, neto de Luiz Gonzaga, decidiu se manifestar sobre a polêmica em torno...

Leilão do arroz: com polêmica, ministro pede saída de diretor da Conab

Com a polêmica da anulação do leilão de arroz, o ministro do Desenvolvimento Agrário,...

Tarcísio diz que escolas cívico-militares promovem “direitos humanos”

Governador de São Paulo defendeu modelo de educação em manifestação a Gilmar Mendes; STF...

Mais para você