InícioNotíciasPolíticaMilitares veem estratégia de Moraes para provocar mais delações

Militares veem estratégia de Moraes para provocar mais delações

Igo Estrela/Metrópoles

1 de 1 General Braga Netto cumprimenta militares da aeronáutica – metrópoles – Foto: Igo Estrela/MetrópolesParte da cúpula do Exército brasileiro viu como uma estratégia do ministro Alexandre de Moraes a quebra de sigilo de 27 depoimentos sobre a tentativa de golpe de Estado. O ministro do Supremo Tribunal Federal publicizou o resultado das oitivas de Jair Bolsonaro (PL), Walter Braga Netto (PL) e de outros ministros e comandantes militares do último governo.

A estratégia de Moraes, segundo a caserna, seria para provocar mais delações premiadas, visto que os ex-comandantes do Exército e da Aeronáutica, o general Marco Antônio Freire Gomes e o brigadeiro Carlos de Almeida Baptista Júnior, respectivamente, complicaram ainda mais a situação de Bolsonaro.

As declarações dos dois militares, que praticamente comprovam a existência de reuniões para discutir golpe, podem motivar outros investigados a considerar a possibilidade de fazer delações. A “intuição” de parte do Exército é que os civis, ex-assessores de Bolsonaro, podem fechar acordo de delação premiada.

No entanto, é um militar que já pediu um novo depoimento à Polícia Federal (PF). A defesa do tenente-coronel do Exército Ronald Ferreira de Araújo Junior já pediu uma nova audiência. Ele ficou em silêncio na primeira oitiva.

Dentre os 14 que ficaram calados, dez são militares, além de Bolsonaro. São eles:

Ailton Gonçalves Moraes Barros, ex-capitão do Exército; Almir Garnier Santos, ex-comandante da Marinha; Angelo Martins Denicoli, major do Exército; Helio Ferreira Lima, tenente-coronel do Exército; Marcelo Costa Câmara, coronel do Exército; Mario Fernandes, então ministro-substituto da Secretaria-Geral;  Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, ex-ministro da Defesa; Rafael Martins de Oliveira, tenente-coronel do Exército; Walter Souza Braga Netto, ex-ministro da Defesa e da Casa Civil; Ronald Ferreira de Araujo Junior, coronel do Exército. Quais assuntos você deseja receber?

Notícias GeraisBrasilDistrito FederalSão PauloEsportesVida & EstiloSaúdeGastronomiaCelebridadesEntretenimentoPets

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

Mais opções no Google Chrome

2.

Configurações

4.

Notificações

5.

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.com

Você quer ficar por dentro da coluna Blog do Noblat e receber notificações em tempo real?

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Yanomamis rendem garimpeiros e os entregam à Força Nacional

Indígenas dizem que a ação foi motivada pela contaminação da água por mercúrio depois...

Após recuar sobre Padilha, Lira reclama de Randolfe Rodrigues

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado O líder do...

Davi e Mani Reggo serão interpretados por sósias em documentário

Davi Brito vai ganhar um documentário sobre a sua vida, incluindo momentos vividos no...

Vídeo: Wajngarten denuncia nova tentativa de invasão ao seu prédio

São Paulo – O advogado Fabio Wajngarten, que representa o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL),...

Mais para você