InícioNotíciasPolíticaMoraes converte em preventiva a prisão de Valdemar Costa Neto

Moraes converte em preventiva a prisão de Valdemar Costa Neto

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), converteu a prisão do presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, em preventiva. O dirigente partidário foi preso em flagrante durante megaoperação da Polícia Federal (PF) na quinta-feira (8/2) por posse ilegal de arma e de uma pepita de ouro.

Moraes também deu prazo de 24 horas para que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestar sobre o pedido de liberdade provisória apresentado pela defesa do líder do PL e deferiu o pedido de vista dos autos.

A defesa de Valdemar alega que não há fato relevante para a prisão. Os advogados do presidente do PL disseram que a pepita tem baixo valor e não configura delito segundo a própria jurisprudência, além de que a arma seria registrada e que pertenceria a um parente.

Nesta sexta-feira (9/2), a Justiça também decidiu manter as prisões preventivas de Rafael Martins de Oliveira, Marcelo Costa Câmara e Filipi Garcia; todos presos na operação Tempus Veritatis, que investiga suposta tentativa de golpe de Estado para impedir a posse de Lula na presidência do Brasil. Todos passaram por audiência de custódia.

Operação da PF contra o PL no Brasil 21-1

Polícia Federal (PF) deflagra Operação Tempus Veritatis, nesta quinta-feira (8/2) Hugo Barreto/Metrópoles

Megaoperação PF 1

Carro da PF na casa de Augusto Heleno, em Brasília Hugo Barreto/Metrópoles

Operação da PF contra o PL no Brasil 21-2

Ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) é um dos alvos da operação Hugo Barreto/Metrópoles

Operação da PF contra o PL no Brasil 21-3

Equipes cumprem 33 mandados de busca e apreensão, inclusive na sede do Partido Liberal (PL), no Setor Hoteleiro Sul (SHS), em Brasília Hugo Barreto/Metrópoles

Megaoperação PF

Busca e apreensão em apartamento de Augusto Heleno, na 305 Norte

Operação da PF contra o PL no Brasil 21-4

PF também mira o presidente do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto Hugo Barreto/Metrópoles

Operação da PF contra o PL no Brasil 21-5

Policiais encontraram “minuta do golpe” na sede do PL, no edifício Brasil 21, em Brasília Hugo Barreto/Metrópoles

Operação da PF contra o PL no Brasil 21-6

Polícia Federal deu 24 horas para Bolsonaro apresentar o passaporte Hugo Barreto/Metrópoles

Operação Nesta quinta, a PF deflagrou a Operação Tempus Veritatis. Foram cumpridos 33 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão preventiva e 48 medidas cautelares diversas da prisão.

Policiais federais estiveram em endereços nos estados do Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Ceará, Espírito Santo, Paraná, Goiás e no Distrito Federal.

Entre os alvos estão o ex-presidente Jair Bolsonaro; o presidente do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto; o ex-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) Augusto Heleno; e os ex-ministro da Defesa e da Casa Civil Braga Netto.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Pomba ou rola? Chico Pinheiro detona Silas Malafaia. Entenda!

Chico Pinheiro virou assunto nesta quarta-feira (21/2), depois de fazer uma publicação bastante polêmica...

TV Globo toma atitude após atraso no pagamento de figurantes

Depois da coluna Fábia Oliveira noticiar que figurantes da TV Globo estavam reclamando da...

Sobe para 17 o número de mortes por dengue em São Paulo

A Secretaria da Saúde de São Paulo informou nesta terça-feira, 21, que o número de...

Mais para você