InícioNotíciasPolíticaNunes tem melhor posição entre todos prefeitos que tentaram reeleição

Nunes tem melhor posição entre todos prefeitos que tentaram reeleição

São Paulo – A três meses da eleição, marcada para 6 de outubro deste ano, o prefeito da capital, Ricardo Nunes (MDB), apresenta o melhor desempenho em pesquisas de intenção de voto em comparação com todos os seus antecessores que tentaram a reeleição.

Com 24% das intenções de voto, Nunes aparece tecnicamente empatado com o deputado federal Guilherme Boulos (PSol), com 23%, no levantamento divulgado pelo Datafolha nessa sexta-feira (5/7).

Levantamento do Metrópoles mostra que desde a ex-prefeita Marta Suplicy (PT), a primeira a tentar a reeleição na capital paulista, em 2004, nenhum prefeito apareceu numericamente à frente nas pesquisas do Datafolha faltando três meses para a eleição.

No fim de junho daquele ano, Marta aparecia em terceiro lugar, com 20%, atrás de José Serra (30%) e de Paulo Maluf (24%). Em agosto, a petista chegou a figurar em primeiro em um novo levantamento, mas foi ultrapassada pelo tucano no primeiro turno e perdeu a eleição no segundo turno.

Hoje, Marta é vice na chapa de Boulos, principal adversário de Nunes.

Reeleições em SP A reeleição de um prefeito, inclusive, não é tão comum aos eleitores paulistanos desde que passou a ser permitida no país, em 1997. Apenas Gilberto Kassab (PSD), em 2008, e Bruno Covas (PSDB), em 2020, foram reeleitos.

Os dois chegaram à Prefeitura na condição de vices que assumiram no lugar de seus antecessores – os tucanos José Serra, em 2006, e João Doria, em 2018, deixaram os respectivos cargos para concorrer ao governo estadual.

O atual prefeito, Ricardo Nunes, tem situação semelhante, tendo assumido como vice de Bruno Covas, que morreu em maio de 2021, em decorrência de um câncer.

1 de 7

Nunes dá a mão a funcionária pública no centro

Prefeitura de São Paulo

2 de 7

Nunes posa para foto com cozinheira

Prefeitura de São Paulo

3 de 7

Nunes na sala de reuniões do 5º andar da Prefeitura

Prefeitura de São Paulo

4 de 7

Nunes ao lado dos aliados Tarcísio de Freitas e Milton Leite

Prefeitura de São Paulo

5 de 7

Nunes cumprimenta paciente em unidade de saúde

Prefeitura de São Paulo

6 de 7

Nunes durante visita à represa Billings

Prefeitura de São Paulo

7 de 7

Nunes olha para planta de obra pública

Prefeitura de São Paulo

A três meses das eleições municipais, tanto Kassab quanto Covas apareciam atrás nas pesquisas. Em 2008, Kassab estava em terceiro, com 13%, atrás de Geraldo Alckmin (PSDB), com 31%, e de Marta, com 38%.

Já em 2020, Covas apresentava 20% das intenções de voto, segundo o Datafolha, e estava atrás de Celso Russomanno (Republicanos), com 28%.

Quatro anos antes, em 2016, o petista Fernando Haddad, atual ministro da Fazenda, tentou se reeleger na Prefeitura, mas perdeu para Doria no primeiro turno. Naquele ano, a três meses da eleição, Haddad aparecia apenas em quarto lugar, com 8% das intenções de voto.

Celso Pitta (PTN) foi o único prefeito a não tentar a reeleição ao fim do mandato, em 2000. Ele teve a gestão envolvida em denúncias de escândalos de corrupção e chegou a ter o mandato cassado por 18 dias.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mais para você