InícioEditorialPolítica Nacional‘Retrocesso absurdo’, diz deputada sobre minirreforma eleitoral

‘Retrocesso absurdo’, diz deputada sobre minirreforma eleitoral

Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News, Adriana Ventura disse que ‘legislar em causa própria é um problema’

Reprodução/Jovem Pan News

Deputada federal Adriana Ventura durante entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News

A deputada federal Adriana Ventura (Novo-SP) criticou na manhã desta sexta-feira, 15, a minirreforma eleitoral e a classificou com um “retrocesso”. Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News, a parlamentar afirmou que a proposta beneficia impunidade e flexibiliza regras para prestação de contas. “Tem questões muito sérias que foram mexidas nessa mudança. Percebemos que terá menos sanção, os partidos ficarão mais impunes e vemos nitidamente, o pior de tudo, que o único objetivo é privilegiar partido político, dar mais poder para cacique partidário, afrouxar regras. Retrocesso absurdo”, lamentou. “Nem sempre Câmara e Senado têm as mesmas opiniões. Sempre tem uma corda puxando para um lado e outra puxando para outro. Espero que o Senado siga o ritual normal e que debruce sobre questões que são caras para os brasileiros. Legislar em causa própria é um problema”, completou.

Nesta quinta-feira, 14, a Câmara dos Deputados aprovou os dois projetos (Projeto de Lei 4.438/2023 e Projeto de Lei Complementar 192/2023) que compõem a minirreforma eleitoral. Com os resultados, os textos seguem para análise e votação no Senado Federal. A tramitação rápida dos projetos busca garantir que as novas regras da minirreforma entrem em vigor já nas eleições municipais de 2024. Para que isso seja possível, o texto deve ser aprovado pelos senadores e ir para sanção presidencial antes do dia 6 de outubro.

Confira a íntegra da entrevista com a deputada federal Adriana Ventura (Novo-SP):

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Antes de nascer, filho de Viih Tube bate 100 mil seguidores nas redes

Viih Tube e Eliezer revelaram, neste sábado (25/5), que a filha Lua ganhará um...

Homem agredido por morador de rua no Sudoeste é agente da PF

O homem que foi agredido por um jovem em situação de rua, na tarde...

Delegado da Polícia Civil é baleado por PM de folga durante discussão na zona leste de São Paulo

Um delegado da Polícia Civil de São Paulo foi baleado por um PM durante...

Zanin pede mais tempo para analisar legalidade de revistas íntimas em presídios

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Cristiano Zanin solicitou mais tempo para analisar...

Mais para você