Depois de mandado de prisão Dione Lisboa é preso pela Polícia Civil de Itamaraju

Dione Lisboa Felício cumpria no ano de 2009 uma pena de 12 anos de reclusão no Conjunto Penitenciário de Teixeira de Freitas pela morte de Bruno, quando na data de 15/04/2009, o mesmo ficou foragido.

Ainda neste ano foi feito um mandato de prisão determinada pelo conjunto penitenciário de Teixeira de Freitas, pedindo sua prisão por conta de alguns homicídios que ocorreram em anos anteriores, principalmente pela morte de Uelton Dultra dos Santos, vulgo ‘Jibura’ que foi morto dentro de um Bar no bairro de Fátima, ocorrido no dia 20 de agosto de 2005.

Os policiais tiveram esse conhecimento sobre a morte de Jibura por conta da arma que ele usou na morte de Bruno Pereira Souza, que tem as mesmas características, os mesmos projéteis da munição que atingiu o corpo de Bruno.

Dione também é suspeito pela Polícia de outros dois homicídios, mas durante uma interrogação feita pela Polícia, ele confessou o crime praticado em detrimento de Bruno, e primeiramente negou a autoria em relação ao homicídio de Uelton, mas depois de lhe mostrar um laudo que comprova a morte de Uelton, através dos projéteis que possui as mesmas características ele confessou também ser o autor da morte de Uelton Dultra dos santos, o Jibura.

Após todos esses crimes Dione se encontra preso na Carceragem da Delegacia de Itamaraju.

Deixe seu comentário