Empresário e caminhoneiro vão parar na Delegacia após entrarem em vias de fato

Na manhã dessa terça-feira (14), o empresário Leônidas Menezes da Silva, de 45 anos de idade, estava pronto para levar sua filha à escola, quando um caminhão carregado de produtos alimentícios chegou a sua empresa situada na Baixa Fria para descarregar os produtos para a sua empresa.

‘Era para ser apenas uma entrega de produtos, mas se tornou uma pancadaria em via pública’.

Leônidas Menezes informou que pediu ao caminhoneiro para aguardar enquanto ele iria levar sua filha na escola, pois ela estava atrasada e não podia faltar a aula, mas o caminhoneiro Jadir de Vasconcelos, de 38 anos de idade, disse ao empresário que não poderia esperar, pois suas entregas poderiam se atrasar.

A partir daí os dois entraram em uma discussão e logo em seguida um show de pancadaria. Na DEPOL eles falaram as suas versões do fato.

Leônidas disse; “Eu teria que levar a minha filha na escola, ele não teve a compreensão de me aguardar, e quando eu pedi para esperar ele logo veio me xingando e me deu o soco no rosto, aí me revoltei e dei uma vassourada nele”. Alega o empresário.

Já o Caminhoneiro informou a versão totalmente contraditória a do empresário e informou; “Eu não poderia esperá-lo, mas ele é muito ignorante e me dirigiu palavras ofensivas, não gostei e disse as mesmas palavras a ele, foi quando ele veio para cima de mim com uma vassoura e quebrou em meu braço. Revoltado e com intuito de me defender eu dei um soco nele, apenas para me defender”. Alega o motorista.

Cada um tem as suas versões do fato, mesmo assim os dois foram para na Delegacia, para se explicar ao Delegado.

Deixe seu comentário