ITAMARAJU | Câmara aceita denúncia e cria comissão para apurar acusações

Novamente os parlamentares estiveram reunidos na câmara municipal de Itamaraju no período noturno desta terça-feira (25), para aprovar leis com finalidade beneficiar a comunidade.

Sob a presidência do vereador Chico Giló, tendo ainda na mesa diretora os vereadores Luiz Pitta e Evando Rodrigues, foi aberta a sessão ordinária com a presença de 13 edis, notando a falta dos parlamentares Flavinho e Mazuk Ribeiro, onde o último teve a ausência justificada por problemas de saúde. O presidente autorizou a leitura da ATA de sessão anterior e projetos de leis que foram colocados em pauta, no pequeno expediente.

Após a leitura os edis aprovaram em formato unânime todo o teor contido na ATA.

Em respeito à comunidade o presidente Chico Giló, aceitou as denúncias alegadas por membros do grupo “Fiscaliza Itamaraju”, autorizando através da portaria 06/2017 a abertura de uma [Comissão Interna], formada pela advogada Simone Soares Santos (presidente), Isaque Ribeiro de Oliveira (relator) e Elzeny Ferreira Lopes (secretária), para apurar documentos e apresentar um relatório. O processo terá validade de 30 dias.

Os membros do grupo apontam denúncias contra o vereador Francisco Carlos Barbosa Silva e do contador Stanislau Matos Castro, alegando terem cometido os crimes de decoro parlamentar, estelionato, improbidade administrativa, peculato, falsificação de documento público, corrupção ativa e passiva.

Após a leitura da decisão promovida pelo presidente Chico Giló, também foi concedida a palavra aos vereadores em grande expediente. No entanto, os discursos foram breves e utilizados por 03 parlamentares.

Os seguintes projetos foram aprovados em caráter unânime:

  • Ofício 21/2017, que convida os parlamentares à participarem da campanha de doação sangue promovida pela policlínica municipal;
  • Indicação 31/2017, para aquisição de um veículo, que será utilizado no interior do município por agentes da segurança pública em rondas, na tentativa de combater a criminalidade;
  • Indicação 32/2017, para a construção de um PSF no interior do município;
  • Indicação 33/2017, conclusão do calçamento da Rua 07 de setembro;
  • Pedido de providência 42/2017, onde a administração municipal efetue a repositório de lâmpadas;
  • Pedido de providência 43/2017, que garante a reforma escola no assentamento da Barroquinha;
  • Pedido de providência 40/2017, reposição de refletores no campo das baixada;

Ao final foi marcada a nova sessão para terça-feira (02), às 19 horas.

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!