Moto Facil

[Itamaraju] Falta SAMU e saúde, mas sobra material gráfico

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), tornou-se uma referência em prestação de socorro à vítima de tragédias, acidentes, disparos de armas de fogo, surtos e vários tipos de situações que colocam em risco a saúde humana.

Itamaraju - in - samu3

Mas no município o tempo e a falta de reparos, propiciaram o sucateamento das unidades móveis do SAMU, que agora é alvo de comentários da comunidade, que nos momentos mais difíceis, deparam com a espera do serviço e são obrigados a utilizar de meios próprios e sem qualquer tipo de orientação na ação de socorro.

Mas outras dúvidas e destino financeiro da saúde colocam em consideração as prioridades da gestão pública com o gasto do dinheiro. Uma licitação de Nº PP FMS 001-2016, com modalidade “Pregão Presencial” garante a empresa THENDRHA SERVIÇOS LTDA, fornecer Material Gráfico com valores até R$ 560.152,20 (quinhentos sessenta mil, cento e cinquenta e dois reais, vinte centavos). Porém outras necessidades são desassistidas pela gestão.

Itamaraju - in - samu2

O município alega a falta de recursos destinados ao seguimento, além da dificuldade dos governos federal e estadual em manter uma parceria, devido violação de séquito político. Fato curioso devido municípios com Teixeira de Freitas, Porto Seguro e outros recentemente ter recebido unidades do mesmo programa.

Mas recentemente vários outdoor foram fixados em vários pontos da cidade, a pedido das secretarias municipais alegando essa ser a melhor gestão de todos os tempos. Por pagar os funcionários públicos em dia e promover o desenvolvimento.

Itamaraju - in - samu1

Outro ponto que chama atenção é devido um grupo “político” estar narrando aos quatro cantos da cidade, que um dos secretários da atual gestão é pré-candidato (a), ao cargo do executivo municipal. Pregando a garantia que o atual progresso e compromisso com a cidade continuará. Algo diferente ao comentado em redes sociais, que expõem imagens de uma cidade em decadência.

Com informações da página oficial da PMI

Comentários

Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *