InícioNotíciasPolíticaCriminoso que espalhou fotos de corpos de famosos apresentou documento falso ao...

Criminoso que espalhou fotos de corpos de famosos apresentou documento falso ao ser preso

Após investigação da PCDF, o acusado foi preso por vilipêndio de cadáver, documento falso e crimes de discriminação e preconceito 19/04/2023 2:45, atualizado 18/04/2023 19:45

Reprodução

O serralheiro Fellipe Alves, 22 anos, preso nesta segunda-feira (17/4) por espalhar imagens de cantores famosos mortos, apresentou documento falso durante a prisão.

No momento em que foi abordado por agentes da Polícia Civil do DF (PCDF), ele mostrou o CPF de uma terceira pessoa. Fellipe foi preso por vilipêndio de cadáver, documento falso e crimes de discriminação e preconceito.

“O fato é concretamente grave e a prisão se mostra necessária”, reiterou a juíza substituta do Núcleo de Audiências de Custódia (NAC).

Para a magistrada, a conduta do autor retrata extrema gravidade: “Foram localizadas publicações racistas e divulgação de imagens de pessoas mortas, como da cantora Marília Mendonça, Gabriel Diniz e Cristiano Araújo”, disse.

Após audiência de custódia ocorrida no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), a juíza acolheu o pedido de prisão preventiva feito pela Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC), da PCDF.

Após a decisão, o bandido foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP), no Complexo Penitenciário da Papuda. Ele mantinha um perfil no Twitter. A página disseminava arquivos de vídeo envolvendo acidentes trágicos e tinha personalidades artísticas como vítimas. O autor chegava a debochar das tragédias em postagens na rede social.

Fotos vazadasO criminoso espalhava as imagens vazadas de laudos periciais feitos em Institutos de Medicina Legal (IML). Cheias de ódio e ironia, as publicações de Fellipe Alves zombavam de cantores como Gabriel Diniz, morto em 2019, vítima de um acidente aéreo em Sergipe.

Ele publicou um vídeo com o corpo do artista boiando em um rio e legendou: “Gabriel Diniz nadando”. Em outra postagem, Fellipe usou o perfil para avisar aos seguidores que teria fotos dos corpos de Marília Mendonça e de Cristiano Araújo. “Também tenho fotos dos Mamonas Assassinas. Entrem em meu grupo no Telegram”, diz o rapaz. Ele foi preso no âmbito da Operação Fenrir, deflagrada pela DRCC.

Veja postagens do criminoso que espalhava fotos de cantores mortos:

Homem preso por vazar fotos fez chacota com mortes Marília Mendonça, Gabriel Diniz e Mamonas Assassinas

Reprodução

Homem preso por vazar fotos fez chacota com mortes Marília Mendonça, Gabriel Diniz e Mamonas Assassinas

Reprodução

Homem preso por vazar fotos fez chacota com mortes Marília Mendonça, Gabriel Diniz e Mamonas Assassinas

Reprodução

Homem preso por vazar fotos fez chacota com mortes Marília Mendonça, Gabriel Diniz e Mamonas Assassinas

Reprodução

Homem preso por vazar fotos fez chacota com mortes Marília Mendonça, Gabriel Diniz e Mamonas Assassinas

Reprodução

Homem preso por vazar fotos fez chacota com mortes Marília Mendonça, Gabriel Diniz e Mamonas Assassinas

Reprodução

Ódio por LulaAlém de fazer chacota com a morte de uma série de artistas, que tiveram suas imagens compartilhadas cruelmente depois de falecidos, o criminoso fez posts destilando ódio contra o presidente Lula. “Um gor3 que vou postar aqui com muita alegria é do Lula (sic).”

Veja fotos dos artistas que foram vítimas do criminoso:

3 Cards_Galeria_de_Fotos

Marília Dias Mendonça foi uma cantora, compositora e empresária brasileira. Natural de Cristianópolis, no Goiás, cresceu e viveu em Goiânia a maior parte da vidaReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Querida no meio sertanejo, Marília tinha um dos cachês mais altos do país e era recordista em acesso em plataformas digitaisReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Em novembro de 2021, durante viagem para Minas Gerais, onde faria um show, o avião da cantora caiu e matou instantaneamente todos a bordo. Marília faleceu aos 26 anos e deixou o filho Léo, de 2 anosReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Mendonça começou a cantar na igreja quando ainda era criança. Aos 12 anos começou a compor para grandes cantores, como Wesley Safadão, Jorge & Mateus, Henrique & Juliano e Matheus & KauanReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Em 2014, Marília se lançou como cantora e, mais tarde, em 2016, apresentou o primeiro álbum da carreira que contou com a música Infiel, canção que a tornou nacionalmente conhecidaReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Em 2015, engatou relacionamento com o empresário Yugnir Ângelo e chegou a ficar noiva do rapaz. Contudo, dois anos depois a relação chegou ao fim. Na ocasião, Marília informou que estava muito nova para ter um relacionamento sérioReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Em 2017, a cantora lançou Amante Não Tem Lar e De Quem é a Culpa, singles que estouraram nas paradas de sucesso e elevaram ainda mais o nome dela. Tempos depois, Marília se tornou a brasileira mais ouvida no Youtube, ocupando o 13º lugar no ranking mundialReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Em 2018, lançou o segundo álbum Agora É Que São Elas, com a participação de Maiara e Maraisa. Em 2019, lançou os singles Bem Pior Que Eu, Ciumeira, Bebi Liguei e, em março do mesmo ano, se tornou a mulher mais ouvida no Spotify BrasilReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Em 2019, a cantora assumiu relacionamento marcado por altos e baixos com Murilo Huff, pai de seu único filho, Léo. Em setembro de 2021, no entanto, Marília anunciou o fim da relação com o músicoReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Durante a carreira, a jovem conquistou um Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Sertaneja, recebeu certificado de disco de diamante triplo, tripla platina e permaneceu no topo do ranking das artistas mais ouvidas do paísReprodução/ Instagram

***Marilia-mendonca-cantora-sertaneja

Conhecida como “Rainha da sofrência”, Marília deixou o legado do Feminejo, segmento feminino do sertanejo universitário, e impulsionou o sucesso de outras mulheres no meioReprodução/ Instagram

Cristiano Araújo (Divulgação: Globo)

Cristiano Araújo Cristiano Araújo (Divulgação: Globo)

Cristiano-araújo-Morte-2

João Reis e o filho Cristiano

Cristiano-araújo-Morte

Cristiano Araújo morreu aos 29 anos, durante um grave acidente de carro. A namorada dele, Allana, também faleceuReprodução/Instagram

Cristiano-araújo-Morte-3

Cristiano Araújo Divulgação

Gabriel Diniz

Gabriel Diniz morreu em 2019

Gabriel Diniz

Gabriel Diniz é autor do hit “Jenifer”Reprodução / Instagram

Pai Gabriel Diniz- Sicinato Francisco Diniz

O pai de Gabriel se emocionou durante o velório do filhoJosemar Gonçalves/Esp Metrópoles

  Mais lidas

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Rio de Janeiro decreta epidemia de dengue

O Estado do Rio de Janeiro decretou nesta quarta-feira, 21, epidemia de dengue em...

Tudo acordado com o Executivo sobre emendas foi sancionado, diz Haddad

“Isso foi reconhecido pelo próprio Arthur Lira”, afirma o ministro da Fazenda em relação...

Marta estreia na campanha de Boulos em reduto onde ajudou rival tucano

São Paulo – De volta ao PT, a ex-prefeita paulistana Marta Suplicy fará, nesta...

Bolsonaro se hospedará no Palácio dos Bandeirantes quando for para ato

Divulgação/Redes sociais 1 de 1 O governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas,...

Mais para você