InícioEditorialPolítica NacionalHaddad diz que pretende resolver crédito rotativo em 90 dias

Haddad diz que pretende resolver crédito rotativo em 90 dias

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta segunda-feira, 14, que pretende resolver os juros rotativos do cartão de crédito em 90 dias. Em entrevista a jornalistas, Haddad disse analisar com “cuidado” a possibilidade do parcelamento sem juros, já que a modalidade “corresponde a 70% das compras feitas no comércio”. “Temos que ter muito cuidado para não afetar as compras no comércio e não fazer um outro problema para resolver o primeiro. Então nosso foco é o rotativo. O rotativo não pode continuar como está e eu tenho um compromisso dos bancos de que essa mesa de negociação tem prazo para terminar”, comentou. De acordo o ministro, o tema será levado à Câmara dos Deputados. Atualmente, a taxa mensal de juros de cartão de crédito está em 15%, chegando a 437,3% ao ano até junho de 2023. “Não vou me antecipar quanto à solução porque, se não, o grupo de trabalho vai se extinguir. Mas o Banco Central faz parte desse grupo e estamos em interação permanente”, completou.

*Com informações da repórter Soraya Lauand.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Lula diz que lançará consignado para todos os trabalhadores

Em entrevista à “RedeTV!”, o presidente afirmou que mais de 40 milhões de pessoas...

Distrito Federal ultrapassa 100 mil casos de dengue em 2024

O Distrito Federal atingiu a marca de mais de 100 mil casos de dengue...

PEC que amplia isenção tributária para templos religiosos avança em comissão da Câmara

A comissão especial da Câmara dos Deputados encarregada de avaliar a Proposta de Emenda...

8 de Janeiro me preocupa mais que golpe militar de 1964, diz Lula

A 1 mês dos 60 anos da tomada de poder pelos militares, presidente declarou...

Mais para você