InícioEditorialPolítica NacionalNelson Barbudo deve assumir vaga de Amália Barros na Câmara

Nelson Barbudo deve assumir vaga de Amália Barros na Câmara

Em mandato anterior, deputado atuou em causas ligadas ao agronegócio e caça esportiva

Aliado ao ex-presidente Jair Bolsonaro (dir.), Nelson Barbudo (esq.) foi deputado federal na legislatura anterior, mas não conseguiu se reeleger em 2022 Reprodução/Instagram @nelsonbarbudo – 31.jan.2023

PODER360 13.mai.2024 (segunda-feira) – 9h12

O ex-deputado federal Nelson Barbudo (PL-MT) deve assumir a vaga deixada pela deputada Amália Barros (PL-MT) na Câmara. A congressista morreu no domingo (12.mai.2024), aos 39 anos, vítima de complicações causadas por um nódulo no pâncreas.

Barbudo, 64 anos, foi eleito deputado federal em 2018 pelo PSL, o mesmo partido que elegeu o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) naquele ano. Nas eleições de 2022, não obteve votos suficientes e ficou como 1º suplente de seu atual partido, o PL.

Enquanto deputado, Barbudo atuou em comissões ligadas ao agronegócio e ao meio ambiente.

Em uma reunião da Comissão de Meio Ambiente da Casa baixa, quando defendia um projeto em que propunha autorizar a caça esportiva de animais silvestres, Barbudo mandou a deputada Tabata Amaral (PSB-SP) ficar “quietinha e pianinha”. A discussão ocorreu quando ele comparava a morte de javalis ao aborto e a congressista tentou argumentar contra.

Leia mais:

Amália Barros fazia tratamento para engravidar quando descobriu tumor Corpo de Amália Barros será enterrado no interior de SP Vou te amar para sempre, diz Michelle em homenagem a Amália Barros Bolsonaro e outros políticos lamentam a morte de Amália Barros

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

SEC aprova primeiro ETF de Ethereum: um novo marco para o mercado de criptomoedas

Em um passo histórico para o universo das criptomoedas, a Comissão de Valores Mobiliários...

RS tem 10 dias para explicar mudança em código ambiental, diz Fachin

Ministro do STF leva ação apresentada pelo PV que alega retrocesso ambiental para julgamento...

Infrator de alto risco, adolescente que matou os pais é transferido

São Paulo — O adolescente de 16 anos que matou a família na última...

Mais para você