InícioNatureza e Meio AmbienteAgroPôneis e mini-horses contribuem com terapia de crianças com câncer

Pôneis e mini-horses contribuem com terapia de crianças com câncer

Cavalos sempre foram grandes aliados das pessoas em termos de lazer, esportes e lida no campo. Além disso, eles vêm ganhando espaço em outra atividade nobre: nas terapias assistidas com equinos. Quando se trata de crianças, há um destaque especial para os pôneis e mini-horses. “Eles são especialmente escolhidos por sua docilidade e pelo seu menor porte, que facilitam a interação com crianças, além de ter menor custo de criação e menor exigência de espaço. Assim como os demais animais, também requerem cuidado para manutenção da saúde e bem-estar “, informa a médica-veterinária Maysa Franco, parceira da Vetnil.

Esse trabalho de terapia assistida com pôneis e mini-horses é realizado em diversos locais. Um deles é a Sociedade Hípica Paulista (SHP), que desenvolve o projeto social de equoterapia itinerante todas as últimas terças-feiras do mês, no Instituto de Tratamento de Câncer Infantil (ITACI). Dois animais interagem com as crianças: Nemo e Caramelo. “Essa terapia é um tipo de cuidado que auxilia positivamente no tratamento do câncer. Há muitos relatos de melhora nas crianças que tiveram contato com o projeto em termos de função física, social, emocional e cognitiva” conta a Coordenadora de Equoterapia da Sociedade Hípica Paulista, Mariana Fernandes Pereira Favero.  

“Recebemos pedido de uma pediatra do ITACI para que um paciente tivesse contato com pôneis, pois o garoto era apaixonado por cavalos. Levamos os animais, ele montou, fez carinho e passou um tempo interagindo com eles. Após determinado período, notamos melhora no seu quadro geral. O jovem teve alta 35 dias depois. Essa evolução foi possível porque a equoterapia oferece momentos de relaxamento, resultando em ganhos emocionais e psicológicos. Com isso, as crianças aceitam melhor o tratamento da doença”, explica Favero. 

Para cumprir bem o seu papel, os animais precisam estar em boas condições de saúde, o que requer um bom acompanhamento veterinário. ” Apesar do tamanho, é essencial lembrar que possuem necessidades fisiológicas e comportamentais assim como os demais equinos, o que, na prática, significa que uma boa introdução ao manejo e montaria não devem ser negligenciadas, assim como um bom manejo sanitário. No entanto, requerem atenção especial quando se trata de casqueamento já que esses animais tendem a apresentar desvios de aprumo, e de manejo nutricional, pois têm maior tendência à obesidade”, ressalta Maysa Franco. 

A médica-veterinária recomenda o uso do Probiótico® Vetnil Equinos, para uma microbiota gastrointestinal saudável. O produto é composto por bactérias benéficas naturalmente presentes no trato intestinal dos animais. É recomendado uso no nascimento, para rápida colonização intestinal, e em situações que requerem transporte e mudança de rotina, como a participação em eventos esportivos ou a própria equoterapia, evitando assim o desequilíbrio da microbiota intestinal e consequências negativas para a saúde digestiva dos animais.  “Esse olhar para a saúde dos equinos é importantíssimo, e vem como uma via de mão dupla: nós cuidamos deles para que possam ajudar nossas crianças”, complementa Maysa.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

O Instagram como máquina de dinheiro: Neymar lucra milhões com publicidades na plataforma

  Lançado em 2010, o Instagram rapidamente se transformou em uma das redes sociais mais...

Mais democratas dizem estar preocupados com candidatura de Biden

Segundo o “Washington Post”, líderes do Congresso teriam conversado com o presidente dos EUA...

“Abin paralela”: depoimento de Ramagem na PF dura quase 7 horas

O depoimento do deputado Alexandre Ramagem (PL-RJ) na Polícia Federal, (PF) no Rio de...

Mentiu? Davi é flagrado em shopping após alegar doença para a namorada

Depois de alegar estar doente para não receber a namorada, Tamires Assis, Davi Brito...

Mais para você