InícioEditorialPolítica NacionalValdemar deve passar por audiência de custódia nesta 6ª

Valdemar deve passar por audiência de custódia nesta 6ª

Presidente do PL foi preso por posse ilegal de armas na 5ª feira e passou a noite na Superintendência da PF, em Brasília

Valdemar (foto) foi preso por posse ilegal de armas na 5ª feira (8.fev) Sérgio Lima/Poder360 – 20.out.2023

Caio Vinícius 9.fev.2024 (sexta-feira) – 9h32

O presidente do PL (Partido Liberal), Valdemar Costa Neto, deve passar por audiência de custódia na manhã desta 6ª feira (9.fev.2024). O dirigente partidário foi preso na 5ª feira (8.fev) por posse ilegal de armas durante a operação Tempus Veritatis, que investiga uma suposta tentativa de golpe de Estado.

Valdemar passou a noite na Superintendência da PF (Polícia Federal), em Brasília. Além da arma, a PF apreendeu uma pepita de ouro com o presidente do PL, segundo o advogado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), Fábio Wajngarten.

A PF investiga se a pepita tem origem legal ou não. Caso seja confirmada que é oriunda de garimpo ilegal, Valdemar pode perder o direto a fiança.

Valdemar comanda o maior partido de oposição ao governo. O PL tem a maior bancada da Câmara, com 95 deputados. No Senado, tem a 2ª maior bancada, com 12 senadores.

Em nota, o vice-presidente do PL, deputado federal Capitão Augusto, destacou “o apoio incondicional e confiança irrestrita” em Valdemar. O congressista disse que o partido confia no esclarecimento dos fatos que levaram à prisão do presidente.

ENTENDA A OPERAÇÃO A PF (Polícia Federal) deflagrou nesta 5ª (8.fev) a operação Tempus Veritatis (“Tempo da verdade”, em latim), que teve 33 alvos de busca e apreensão e 4 de prisão preventiva. A operação mirou aliados de Bolsonaro, como ex-ministros e ex-assessores ligados a seu governo.

Entre as provas encontradas pelo inquérito, está –segundo a PF– um decreto redigido por Bolsonaro. O documento pedia novas eleições e determinava as prisões de Moraes, o ministro Gilmar Mendes e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

O ex-presidente teve de entregar o seu passaporte para a PF. Além dele, também estão entre os alvos:

Valdemar Costa Neto, presidente do PL. Ele foi preso em flagrante por porte ilegal de arma pelos agentes; general Augusto Heleno, ex-ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional); Anderson Torres, ex-ministro da Justiça; Walter Braga Netto (PL), ex-ministro da Casa Civil e candidato a vice-presidente; Paulo Sérgio Nogueira, ex-ministro da Defesa. Veja imagens dos principais alvos:

Sérgio Lima/ Poder360 –

O ex-presidente Jair Bolsonaro também foi um dos alvos; ele deve entregar seu passaporte à PF em até 24h

Sérgio Lima/Poder360 – 22.abr.2022

Walter Braga Netto, ex- ministro da Casa Civil, foi também candidato a vice-presidente de Jair Bolsonaro

Sérgio Lima/ Poder360 – 23.nov.2023

Valdemar Costa Neto, presidente do PL e ex-deputado federal; ele foi preso em flagrante por porte ilegal de arma durante operação da PF nesta 5ª

Sérgio Lima/Poder360 – 26.set.2023

General Augusto Heleno, ex-ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional)

Sérgio Lima/Poder360 08.ago.2023

Ex-ministro da Justiça Anderson Torres atuou no cargo durante o governo Jair Bolsonaro; ele era secretário de Segurança Pública do DF durante o 8 de Janeiro

Arthur Max/MRE

Filipe Martins, ex-assessor para Assuntos Internacionais da Presidência

Flickr

General Stevan Teófilo Gaspar de Oliveira, ex-chefe do Coter (Comando de Operações Terrestres do Exército)

Marcos Corrêa/Planalto – 9.abr.2021

Almirante Almir Garnier, ex-comandante da Marinha durante o governo Bolsonaro

Sérgio Lima/Poder360 28.jul.2022

O ex-ministro da Defesa de Bolsonaro, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira

reprodução

O ex-assessor de Bolsonaro, Marcelo Câmara, preso nesta 5ª feira (9.fev) | Reprodução/LinkedIn Marcelo Câmara – 8.fev.2024

Veja imagens das buscas em Brasília registradas pelo repórter fotográfico do Poder360 Sérgio Lima:

Sérgio Lima/Poder360 – 8.fev.2024

Operação da Polícia Federal mirou ex-presidente Jair Bolsonaro e aliados por suposta tentativa de golpe durante sua gestão; na foto, viaturas da PF na casa do general Augusto Heleno, um dos alvos da ação desta 5ª feira (8.fev) | Sérgio Lima/Poder360 – 8.fev.2024

Sérgio Lima/Poder360 – 8.fev.2024

Heleno chefiou o GSI durante o governo Bolsonaro; na imagem, agentes da PF na quadra em que o general mora, na Asa Norte, em Brasília

Sérgio Lima/Poder360 – 8.fev.2024

Em operação, polícias andam em direção ao apartamento do general Heleno

Sérgio Lima/Poder360 – 8.fev.2024

Buscas fazem parte da operação Tempos Veritatis (tempo da verdade) da PF

Sérgio Lima/Poder360 – 8.fev.2024

Carros da polícia estacionados em frente ao apartamento do general Augusto Heleno

Sérgio Lima/Poder360 – 8.fev.2024

PF chega à sede do PL, no Complexo Brasil 21; na foto, duas viaturas, 7 agentes e 6 malotes

Sérgio Lima/Poder360 – 8.fev.2024

PF em operação na sede do PL; presidente do partido é Valdemar Costa Neto, preso na operação nesta 5ª feira (8.fev)

Sérgio Lima/Poder360 – 8.fev.2024

Busca e apreensão na sede do PL; na foto, polícias na garagem do Complexo Brasil 21

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Quem tem que se desculpar é Israel, diz Amorim sobre falas de Lula

Assessor especial da Presidência da República avalia que o petista não errou ao comparar...

Mega-Sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 120 milhões

O último concurso da Mega-Sena não teve nenhum vencedor. Isso porque nenhum apostador conseguiu...

Tarcísio relembra ‘legado’ do governo Bolsonaro e agradece padrinho político: ‘Nos mostrou o caminho’

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP), discursou neste domingo, 25, durante...

Mais para você