InícioEditorialEntretenimentoVídeo: Cauã Reymond passa perrengue e é socorrido no meio da rua

Vídeo: Cauã Reymond passa perrengue e é socorrido no meio da rua

Cauã Reymond passou por um perrengue, na manhã desta sexta-feira (15/3), após ficar sem gasolina no carro no meio da rua. O ator, no entanto, foi socorrido por dois rapazes que passavam pelo local e mostrou a situação nas redes sociais.

“Tô com vergonha, mas tenho que admitir que vacilei na gasolina e o corredor aqui foi buscar [a gasolina]. Daniel também. Dei muita sorte”, disse ele ao filmar os homens trazendo a gasolina em galões.

Cauã Reymond no Mais Você

Cauã Reymond Reprodução/ Globoplay

Cauã Reymond e a filha, Sofia

Cauã Reymond e Sofia Reprodução/ Instagram

Caio-Caua-Reymond-Terra-e-Paixao

Cauã Reymond Globo/João Miguel Júnior

Aramis – Cauã Reymond

Cauã Reymond Aramis/Divulgação

stories Grazi Massafera e Cauã Reymond (9)

Cauã Reymond

Cauã Reymond Instagram/Reprodução

Cauã Reymond – Aramis – Dia dos Pais

Cauã Reymond para Aramis Aramis/Divulgação

Cauã Reymond – Aramis – Dia dos Pais 3

Cauã Reymond para Aramis Aramis/Divulgação

Cauã Reymond – Aramis – Dia dos Pais 2

Cauã Reymond para Aramis Aramis/Divulgação

Cauã Reymond

Cauã Reymond expõe nudes recebidos em set de Terra e Paixão Instagram/Reprodução

Caua Reymond-6 (1)

Cauã Reymond Marcelo/AgNews

Na gravação, o ator ainda fez questão de agradecer os ajudantes. “Obrigada rapaziada, obrigada pela ajuda. Que vergonha, obrigada pela boa ação”, falou.

Assista o momento abaixo:

Cauã Reymond esclarece polêmicas com Orochi e ex-BBB Cauã Reymond esclareceu as polêmicas em que se envolveu com o rapper Orochi e a ex-BBB Bárbara Heck. Para quem não lembra, em maio de 2022, o ator chamou a polícia para intervir em uma festa em que a loira estava. Em junho do mesmo ano, o global passou por um momento tenso com os pitbulls do cantor. Todas as situações aconteceram no condomínio de luxo onde ele mora, no Rio de Janeiro.

Sobre Orochi, Cauã Reymond disse que a situação foi resolvida e afirmou ser fã do rapper. O ator explicou como tudo aconteceu em entrevista ao jornalista Matheus Baldi.

“Eu sou muito fã do Orochi, acho ele um baita artista. E o que aconteceu foi que os cachorros dele estavam soltos e eu estava caminhando com a Sofia [filha] e com cachorro pequeno. Na última hora, eu falei que ia levar meu cachorro Romeu, que é um rottweiler, e botei ele na coleira. Enquanto estávamos caminhando, o portão estava aberto e os cachorros do Orochi saíram e vieram na nossa direção”, contou.

Cauã continuou: “Na hora, eu pensei até que era filme. ‘Não, isso não está acontecendo’. E aí, graças a Deus o Romeu protegeu, botou os dois cachorros pra correr, nunca vi ele tão orgulhoso de si mesmo. Super envaidecido, defendeu a família (risos)”.

O ator, que está no ar em Terra e Paixão na TV Globo, ainda pontuou o nervosismo por ter pensado que sua filha poderia ter sido atacada naquele momento. “Mas depois a gente se entendeu, falei com ele e parece que foi uma acidente que aconteceu, um funcionário dele deixou o portão aberto, foi o que ele me falou. Mas a admiração continua. A gente fica muito nervoso quando pensa que a sua filha poderia ter sido atacada por um cachorro, um pitbull”, explicou.

Sobre a polêmica com Bárbara Heck, Cauã Reymond explicou que tudo aconteceu por conta de uma festa que estava rolando na casa de um vizinho e que Bárbara Heck era uma convidada. Segundo o ator, a ex-BBB foi muito educada.

“Eu não tenho problema com música alta. Mas quando passa das 22h e sua filha quer dormir, e tem que ir pra escola no dia seguinte, a festa era de frente pro quarto da Sofia, eu fui com educação, falei: ‘Pessoal, daqui a pouco vai dar 22h, minha filha tem que dormir’. [Disseram] ‘Aham, a gente vai abaixar o som’”, contou.

Em seguida, o ator disse que voltou lá com a polícia e, após uma conversa, todos se resolveram. “Eu voltei 22h e falei pra abaixar o som. Aí abriram a porta e vieram algumas pessoas e ficaram ‘caramba’, não imaginaram que era eu. E aí sim, eu tinha chamado a polícia pra conversar e com diálogo, eles abaixaram a música. E desde então, nunca mais tivemos esse problema”, pontuou.

Cauã Reymond ainda destacou que também costuma dar festas em sua casa, no entanto, sempre faz o possível para que o volume do som fique confortável para todos. “Faço festa na minha casa, contrato banda, mas se algum vizinho falar que está muito alto, eu abaixo o som, até todo mundo fique confortável. E não precisa ser depois das 22h, pode ser à tarde, até porque eu durmo cedo, minhas festas acabam cedo (risos)”, disse ele.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Veja imagens do ato de Bolsonaro em Copacabana, no Rio

Apoiadores levaram bandeiras do Brasil e de Israel, representações da Constituição e cartazes em...

Juízes afastados pelo CNJ recorrem ao STF e dizem que medida foi “excessiva e inadequada”

Foto: Luiz Silveira/Ag.CNJ O corregedor Luis Felipe Salomão, do Conselho Nacional de Justiça,...

Homem morre em unidade hospitalar, após grave acidente na BR-101 em Teixeira

ARIVALDO SILVA OLIVEIRA (47 anos), morreu numa unidade médica na cidade de Teixeira de...

NOTA DE FALECIMENTO – Antônio Bernardo da Silva

Antônio Bernardo da Silva Data de falecimento: 20/04/2024 Saiba mais informações sobre o serviço de notas...

Mais para você