Itamaraju: Trabalhador rural é morto vítima de espancamento e um tiro na cabeça

Na manhã deste domingo (01) o corpo de um homem foi encontrado próximo a um riacho em uma fazendo no interior do município de Itamaraju.

Segundo informações de populares na noite do último sábado (31), o trabalhador rural Marisvaldo de Souza Santos (44 anos), havia chegado a um bar que fica em uma região conhecida como Córrego do Jacaré, já com traços de embriaguez, onde permaneceu por algumas horas, mas devido ao horário o proprietário o informou que estaria fechando o estabelecimento e o solicitou que fosse embora descansar.

O mesmo decidiu seguir caminho a cavalo, foi à última vez que o mesmo foi visto com vida.

Nas primeiras horas deste domingo um morador da Fazenda Avenida ao direcionar para outra propriedade avistou o corpo de um homem jogado ao chão, que ao se aproximar percebeu a semelhança com Marisvaldo, desta forma informou a um irmão que fosse verificar o corpo e buscar informações sobre a vítima que era morador da Fazenda Bonfim (Córrego dos Canudos).

Então populares entraram em contato com a Policia Civil de Itamaraju, dando conta de um homicídio. Que de imediato foi ao local o Chefe do SI (Serviço de Investigação) o investigador Felipe Mendes, para efetuar o levantamento cadavérico e assim buscar evidencias para tentar descobrir a motivação e os autores do crime.

No local também esteve o funcionário publico Anderson Barbosa, que recolheu o corpo encaminhado para o IML de Itamaraju, junto do corpo foram coletadas provas para que um inquérito fosse aberto, próximo do local parte do traje de Marisvaldo e até mesmo uma placa de um veículo, que não pode ser revelada para que as investigações não fiquem comprometidas.

Sobre o crime ficou evidente Marisvaldo foi espancado antes de morrer, onde possivelmente tentou fugir, mas que foi recapturado como um animal e morto com um disparo de arma de fogo na cabeça.

Deixe seu comentário