Profissionais da educação de Itamaraju iniciam a “Operação tartaruga” no município

A Diretoria da APLB/ Sindicato de Itamaraju esteve reunida em assembléia com os profissionais da educação do município na manhã desta quarta-feira (28), e junto com a categoria decidiram por iniciar a “operação tartaruga”.

A decisão sobre a operação foi tomada durante a assembléia que reuniu centenas de profissionais na Sede da câmara de vereadores.

De acordo com o coordenador da APLB / Sindicato Noel Vieira, a decisão foi tomada diante do impasse do reajuste salarial 22,2 %, a lei do piso nacional que ainda não foi aprovado pelo executivo municipal.

A ideia da operação tartaruga foi colocada em prática com o objetivo de sensibilizar a administração municipal para que aprove o reajuste salarial até o próximo dia (10), onde se encerra o prazo para ser enviado ao legislativo.

A decisão deve ser formalizada nas próximas horas, por meio de ofícios que serão enviados para a administração e para as escolas públicas do município.

Com os horários de aulas reduzidos e como forma de pressionar o governo os profissionais seguirão uma programação de manifestos por tempo indeterminado.

A assembleia ainda contou com a participação de Rodrigo Martins, representante da APLB / Sindicato de Belmonte.

Deixe seu comentário