InícioNotíciasPolíticaCom tornozeleira, Cacique Tserere é solto pelo STF após 10 meses

Com tornozeleira, Cacique Tserere é solto pelo STF após 10 meses

Foi libertado, neste sábado (9/9), o indígena xavante José Acácio Serere Xavante, conhecido como Cacique Tserere, que estava preso desde 12 de dezembro do ano passado, por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF). A soltura do militante bolsonarista, que estava detido em Brasília, foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes.

Um dos líderes do acampamento formado em frente ao Quartel General do Exército, em Brasília, para pedir um golpe militar contra Lula, Tserere foi preso após promover atos políticos com ameaças a ministros do STF em locais públicos da capital federal, como o aeroporto e o ParkShopping.

A prisão de Tserere foi o estopim para a noite de quebradeira em Brasília em 12 de dezembro, quando militantes bolsonaristas incendiaram carros no centro da capital e tentaram invadir a sede da Polícia Federal, para onde o indígena foi levado inicialmente.

A libertação de Tserere foi confirmada por seu advogado, Levi de Andrade, e o momento em que ele é solto, após colocar tornozeleira eletrônica, foi registrado por militantes conservadores. Veja:

Cacique Sererê ganha liberdade hoje 09-09-2023 compartilha pic.twitter.com/OWwjvH02FQ

— Francisco Mello oficial (@Francyscomello7) September 9, 2023

Tserere, que prestou depoimento à CPI da Câmara Legislativa do DF sobre os atos democráticos no final de agosto, seguirá respondendo em liberdade ao processo que corre no STF.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mais para você