InícioEditorialPolítica NacionalGoverno antecipará Bolsa Família para afetados pelas chuvas no RJ

Governo antecipará Bolsa Família para afetados pelas chuvas no RJ

Wellington Dias (Desenvolvimento Social) também afirma que uma parcela do BPC será adiantada; ao menos 11 pessoas morreram

Temporal que atingiu o Rio de Janeiro na noite de sábado (13.jan) alagou a Avenida Brasil Reprodução/X – 13.jan.2023

PODER360 15.jan.2024 (segunda-feira) – 11h26

O ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, anunciou que o governo antecipará o pagamento do Bolsa Família aos beneficiários que estão em áreas de risco no Rio de Janeiro. A capital fluminense registrou alto índice pluviométrico durante à noite de sábado (13.jan) até a manhã de domingo (14.jan). O temporal causou a morte de ao menos 11 pessoas.

“Estamos atentos e articulados para dar toda assistência necessária à população dos municípios afetados pelas fortes chuvas no Rio de Janeiro”, disse o ministro em seu perfil no X (ex-Twitter).

Em nota (PDF – 36 kB), o ministério informou que Dias “acrescentou que, com a decretação do estado de calamidade, urgência e emergência, é possível garantir o auxílio aos desabrigados e o envio de cestas de alimentos para socorrer as pessoas atingidas”. E disse que as outras medidas estão sendo trabalhadas em parcerias com a Defesa Civil Nacional e com as prefeituras.

As medidas adotadas pelo MDS (Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome) são:

unificar o calendário de pagamento do Bolsa Família, para o 1º dia de pagamento; antecipar uma parcela do BPC (Benefício de Prestação Continuada), que corresponde a 1 salário mínimo, e, caso o beneficiário solicite, antecipar outra parcela –que podem ser reembolsadas em até 36 meses, sem juros ou encargos; repassar recursos extraordinários para a rede de assistência social, que realiza o serviço de apoio e proteção à população com a oferta de alojamentos provisórios, atenções e provisões materiais, conforme as necessidades detectadas; enviar cestas de alimentos. Dias afirmou que seguirá integrado ao Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, “sob o comando” do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para definirem “as próximas medidas”. Dias se solidarizou com as famílias, “em especial àquelas que perderam seus entes queridos nesta tragédia”.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Como ser um bom goleiro?

Ser um bom goleiro no futebol é uma tarefa desafiadora que exige habilidades técnicas,...

Como abrir uma agência de viagens?

Abrir uma agência de viagens pode ser uma ótima oportunidade para empreendedores apaixonados por...

Como atrair clientes para loja?

Atrair clientes para a sua loja é essencial para o sucesso de qualquer negócio....

Como saber se tenho TOC?

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é uma condição de saúde mental caracterizada por pensamentos obsessivos...

Mais para você