InícioEditorialEntretenimentoHana Khalil revela que não é mais vegana: “Não estava sendo saudável”

Hana Khalil revela que não é mais vegana: “Não estava sendo saudável”

Hana Khalil, ex-BBB e influencer, anunciou que não é mais vegana. Ela ficou conhecida por publicar conteúdos relacionados ao veganismo nas redes sociais, mas explicou, em carta aberta aos fãs e seguidores, que precisou abrir mão do estilo de vida por motivos de saúde.

“Por muito tempo dividi um recorte da minha realidade publicamente que envolvia o movimento vegano, e venho aqui hoje compartilhar uma das esferas da minha vida que foram transformadas: depois de 9 anos não consegui mais lidar e administrar a minha intolerância intestinal às leguminosas e a minha deficiência de B12 e ferro”, iniciou Hana.

1 de 4

Hana Khalil

Reprodução

2 de 4

Ela é ex-BBB

Foto: Reprodução/Instagram

3 de 4

Ex-BBB19, Hana Khalil participou da quinta edição de De Férias com o EX

Divulgação

4 de 4

Hana Khalil

Foto: Reprodução/Instagram

“Para quem não sabe, as leguminosas são a fonte principal de proteína da alimentação vegetariana estrita. Eu genuinamente amo vegetais. Gosto de um prato enorme de arroz com feijão, lentilhas. Meu paladar era feliz, mas meu organismo não respondia positivamente. Teria sido fascinante se em todas as refeições que eu fizesse, em torno de 15 minutos, minha barriga não estufasse, doesse e desencadeasse o que tive vergonha de dividir durante todos esses anos: gases descontrolados e diarreia sem motivo algum”, continuou.

Hana Khalil deu mais detalhes do caso. “Entendia que talvez os gases viessem de uma falta de rotina alimentar. Comecei a seguir planos alimentares com bons nutricionistas. Ainda que eu seguisse fielmente, não tomasse nenhuma bebida gaseificada, nada que pudesse alterar minha digestão, eu não conseguia bater nem metade da minha porção recomendada de leguminosas por refeição sem desconforto.”

“Proteínas em pó vegetais: todas me davam os mesmos efeitos. Proteína texturizada de soja: também. Lentilha, todos os feijões, ervilha, grão de bico (esses dois últimos eram ainda piores). Demolho? sim. Trocando água de 4 em 4 horas pelo menos. Eu sempre cozinhei todas as minhas refeições. Porque amo, mas, principalmente, por causa desse ponto, precisava ter certeza que o demolho tinha sido feito corretamente. Adivinha? Mesma coisa que comer na rua. Os mesmos efeitos”, explicou.

Por fim, Hana Khalil fez um apelo. “Não quero estimular ninguém a deixar o veganismo. Mas, para mim, viver em desconforto não estava sendo saudável. Essa carta é um relato pessoal e individual da minha experiência, que nada resume as demais. Só compartilhando para ser honesta e transparente com vocês sobre aspectos da minha vida que acho justo dividir. O veganismo é um movimento que deixo com muito respeito e por isso vim comunicar para todos que acompanham meu trabalho e minha vida há tantos anos. Com amor, Hana Khalil”, concluiu.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Lula atravessa a rua e pisa em outra casca de banana

O que era o forte de Lula – a capacidade de falar de improviso,...

Diretora do Serviço Secreto dos EUA é intimada pelo Congresso

Kimberly Cheatle confirma que testemunhará na sessão marcada por comitê republicano para a próxima...

Laudos de câncer atrasados chegam a 1 mil e HUB pede ajuda a hospitais

A Divisão de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (DADT) do Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB)...

“Tudo bem corintiano bater em mulher, Lula?”, diz Ciro Nogueira

Senador afirma ser “inaceitável” fala do presidente “perdoando” violência doméstica praticada por torcedores do...

Mais para você