Chame Táxi Uirislan

Mais de 1600 mulheres devem passar pelo rastreamento do câncer em Prado

 

Para ser atendida, as mulheres precisam levar documentos pessoais e o Cartão do SUS. A carreta móvel está estacionada na Praça do Palácio do Turismo, no centro da cidade do Prado.

O público alvo são mulheres com idade entre 50 e 69 anos, segundo critérios definidos pelo Ministério da Saúde, por ser a faixa etária mais propensa ao aparecimento da doença.

O rastreamento do câncer em mulheres pradenses é uma iniciativa da Prefeitura de Prado, por meio de parceria com o Governo do Estado da Bahia. O objetivo é promover a prevenção de doenças.

De acordo com Neralice Fernandes (Coordenadora da Atenção Básica), “os atendimentos estão acontecendo entre os dias 14 e 26 de outubro, com 150 mulheres atendidas em dois turnos, manhã e tarde”, explicou.

Para a Prefeita do Prado, Mayra Brito, “a prevenção sempre foi o melhor remédio, por isso o município tem realizado grandes investimentos na rede da atenção básica e na estratégia de saúde, porque não existe mágica, se cuidar aumenta a qualidade de vida e evita longos períodos de internação hospitalar”, argumenta.

O CÂNCER DE MAMA – Segundo o  Instituto Nacional do Câncer (INCA), os principais sinais e sintomas da doença são caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo); saída espontânea de líquido de um dos mamilos; e pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).

O diagnóstico precoce ainda é o maior aliado para o tratamento eficaz do câncer de mama. Quando identificado na fase inicial, pode ser tratado, impedindo que o tumor se propague pelo corpo. O exame precoce pode salvar a vida de mulheres com câncer.

Por | Ascom

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!