InícioNotíciasPolítica“Este ano começamos a construir 2026”, diz Tarcísio em ato conservador

“Este ano começamos a construir 2026”, diz Tarcísio em ato conservador

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), disse, neste sábado (6/7), que, em 2024, a direita “começa a construir o que vai ser 2026”. Depois de evitar falar nas próximas eleições presidenciais, o político usou um tom eleitoral no CPAC Brasil, cúpula que reúne nomes do conservadorismo brasileiro e mundial. O evento ocorre neste sábado (6/7) e no domingo (7/7) em Balneário Camboriú (SC).

“Este ano é um ano de fazer compromisso. Este ano é um ano de dar cara a tapa. É um ano de fazer esforço. Porque este ano a gente começa a construir o que vai ser 2026”, afirmou o governador no palco do evento, onde estava o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Tarcísio defendeu que Bolsonaro foi bombardeado por “narrativas” durante toda a gestão na presidência da República (2019-2022), e precisou se contrapor a todas elas. Em um aceno direto ao ex-presidente e seus eleitores, o governador paulista acrescentou que o ex-chefe do Executivo “foi o melhor presidente que o país já teve”.

“A gente vem sendo bombardeado com narrativa o tempo todo. E foi assim na gestão do melhor presidente da República que nós já tivemos”. declarou Tarcísio na semana em que Bolsonaro foi indiciado pela Polícia Federal (PF) no inquérito que apura a venda ilegal de joias no exterior.

“Quanta inspiração, quanta motivação”, destacou o político em alusão ao ex-chefe do Executivo.

No evento, o governador ainda falou em Deus, pátria, família e liberdade, temas que são constantemente usados pelo ex-presidente. Tarcísio é até o momento o nome favorito de Bolsonaro para concorrer nas eleições presidenciais de 2026, caso ele permaneça inelegível.

“A direita está unida, está aqui e tem uma liderança, que é o nosso presidente Bolsonaro”, declarou Tarcísio no evento.

O plano de bolsonaristas é ampliar o número de aliados em prefeituras pelo país no pleito municipal de outubro a fim de pavimentar o caminho para tentar voltar ao comando do país em 2026. Bolsonaro foi o primeiro presidente da história a perder uma reeleição no Brasil.

Bolsonaro, Tarcísio e Javier Milei Além do ex-presidente Bolsonaro, neste domingo (7/7), quem participa do evento conservador é o presidente da Argentina, Javier Milei. O líder argentino deve chegar ao Brasil na noite deste sábado, quando terá um jantar com os organizadores do evento.

No dia seguinte, ele se reúne com governador de Santa Catarina, Jorginho Mello, e empresários do estado.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Representando a moda masculina, Márcio Souza

O mercado da moda masculina tem tido uma considerável crescente no mercado mundial, mostrando...

Receita Federal divulga dados da arrecadação de junho na 5ª feira

O Fisco trará informações sobre as receitas depois que...

Da Venezuela a Argentina, Lula nega inimizades: “Elejam quem quiserem”

São Paulo — Depois de dar indiretas ao presidente argentino Javier Milei, o presidente...

Ministério da Saúde anuncia R$ 140 milhões para hospitais do Rio Grande do Sul

O Ministério da Saúde anunciou a liberação de R$ 143,7 milhões para hospitais do...

Mais para você