InícioEditorialEsportesMundial de boxe: Bia Ferreira ganha, garante pódio e bate recorde

Mundial de boxe: Bia Ferreira ganha, garante pódio e bate recorde

Beatriz Ferreira se tornou a maior medalhista brasileira em Campeonatos Mundiais de boxe. A baiana venceu mais uma luta na competição, realizada em Nova Déli, na Índia, e avançou às semifinais. Como não há disputa pelo bronze, Bia já assegurou sua presença no pódio, e quebrou o recorde nacional.

A brasileira já tem um ouro, conquistado em 2019, e uma prata, no ano passado. Ao garantir sua terceira medalha no torneio, ela ultrapassou Robson Conceição (prata em 2013 e bronze em 2015) e Everton Lopes (ouro em 2011 e bronze em 2013), considerando ambos os naipes.  Entre as mulheres, Beatriz já era dona da melhor marca. A boxeadora ainda pode ser a primeira brasileira a chegar em três finais de Mundial.

O recorde veio com a vitória sobre a japonesa Ayaka Taguchi, nesta quarta-feira (22), pela categoria de até 60kg. Assim como aconteceu na estreia, Bia impôs sua superioridade desde o início, e ganhou por decisão unânime. A próxima missão, valendo mais uma decisão, será contra a sul-coreana Oh Yeonji, nesta quinta-feira (23).

Quem também avançou foi Barbara Santos (70kg), que passou pela cazaque Madina Nurshayeva. A luta foi apertada, com vitória por decisão dividida. Nurshayeva levou o primeiro round na visão de quatro árbitros, mas a brasileira ganhou o segundo para três juízes. A decisão ficou aberta para a última parcial, e Barbara impôs ritmo intenso para sair com a classificação. Na semi, enfrentará a australiana Kaye Frances.

Outras duas brasileiras entraram em ação nesta quarta-feira, mas foram derrotadas. Jucielen Romeu (57kg) perdeu para a italiana Irma Testa, líder do ranking mundial, por decisão unânime. Com isso, a paulista repetiu as campanhas que fez nos Mundiais de 2018 e 2022. Já Beatriz Soares (66kg) enfrentou a tailandesa Janjaem Suwannapheng, mas perdeu por decisão dividida. 

Esta é a segunda vez que o Brasil subirá ao pódio duas vezes em uma mesma edição do Mundial de boxe feminino. No ano passado, o país levou uma medalha de prata, com Bia Ferreira, e um bronze, com Caroline Almeida. As semifinais de todas as categorias vão ocorrer nesta quinta-feira (23). Os horários ainda não definidos.

Beatriz Ferreira x Oh Yeonji (KOR) – 60kg
Barbara Santos x Kaye Frances (AUS) – 70kg

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Como ser um bom goleiro?

Ser um bom goleiro no futebol é uma tarefa desafiadora que exige habilidades técnicas,...

Como abrir uma agência de viagens?

Abrir uma agência de viagens pode ser uma ótima oportunidade para empreendedores apaixonados por...

Como atrair clientes para loja?

Atrair clientes para a sua loja é essencial para o sucesso de qualquer negócio....

Como saber se tenho TOC?

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é uma condição de saúde mental caracterizada por pensamentos obsessivos...

Mais para você